fbpx

Type to search

Carambei Paraná

Turismo em Carambeí no Paraná

Compartilhe

Carambeí é um município localizado no interior do estado do Paraná, na região dos Campos Gerais. E a sua maior atração é o Parque Histórico De Carambeí e não pode faltar no seu roteiro.

Essa região faz parte da Microrregião de Ponta Grossa que tem uma série de atrativos naturais como trilhas e cacheiras. Um ótimo destino de natureza e pertinho de Curitiba.

Carambeí possui uma identidade cultural formada pelos Indígenas, tropeiros e imigrantes europeus – principalmente holandeses.

Essa é uma lista de pontos turísticos e o que visitar em Carambeí que você pode colocar em seu roteiro:

  • Parque Histórico De Carambeí
  • Orquidário e Cactário Taman Batoe
  • Moinho do Artesão
  • Monumento à Bíblia
  • Capela Imaculada Conceição

Além das atrações citadas, a região é conhecida por seu roteiro gastronômico.

As tortas holandesas e os festivais marcam ainda mais Carambeí. Inclusive vale a pena conhecer o Koffiehuis confeitaria e restaurante do parque histórico de Carambeí.

Se quiser apenas conhecer as principais atrações, é possível fazer um bate e volta saindo de Curitiba.

Confira esse vídeo com 6 passeios bate e volta de Curitiba:

Que tal fazer um seguro viagem nacional?

Ele oferece assistência médica e odontológica, além de coberturas no reembolso de despesas por atrasos , dano ou extravio de bagagem.

E tudo isso no precinho.😀  tem 2% de desconto no cartão ou 7% no pix/boleto para nossos seguidores.

Faça uma cotação no site da Real Seguro Viagem com desconto aqui Quero Desconto!

Quando ir Para Carambeí:

Nós fomos no inicio de agosto e pegamos um dia lindo de sol e temperatura agradável, mas usamos casaco.

No inverno as temperaturas podem se aproximar de zero grau e no verão é um pouco quente. Mas normalmente a temperatura é agradável.

 


Como chegar em Carambeí e como visitar o Parque Histórico de Carambeí:

 

De carro:

O acesso à cidade é apenas rodoviário, pela BR-277 ou BR-376, para quem parte de Curitiba.

A viagem de carro dura cerca de duas horas.  Nós colocamos no Maps e chegamos certinho.

Passando o Município de Ponta Grossa, seguir as placas sentido Norte do Paraná; Pegando a PR 151, seguir sentido Carambeí/Castro.

Entrando no Município de Carambeí fazendo conversão a direita e passando por debaixo da rodovia.

A distancia entre Carambeí e Curitiba é de 138,4 km.

A estrada é muito boa e tem 2 pedágios na ida e na volta, acredito que um de R$ 7,90 e outro de R$ 10,90.

O estacionamento do parque é grande e gratuito.

 

Caso queira alugar um carro para fazer sua viagem, pode procurar no buscador da Rentcars. É um site de comparação de preços e locação de veículos com atendimento em todo mundo fornecido pelas principais locadoras de veículos do mercado.

VEJA AQUI

De ônibus:

Você pode comprar a passagem na rodoviária de Curitiba

A Viação Iapó é a companhia de transporte responsável pela linha metropolitano que liga os municípios de Carambeí a Ponta Grossa.

As passagens custam na faixa de R$43.30 o trecho.

 

De avião:

O aeroporto mais próximo é o de Curitiba e é possível ir do aeroporto até Carambeí, de carro alugado ou de ônibus.

 


O que fazer em Carambeí:

 

Parque Histórico de Carambeí:

O Parque Histórico é uma das colônias perto de Curitiba e é a atração mais importante no Roteiro de Carambeí.

É um parque privado de caráter sociocultural, que tem como intuito preservar a memória dos pioneiros holandeses na região dos Campos Gerais.

Em um espaço de 100 mil metros quadrados com alas museais integradas e ao ar livre, que reproduzem em réplicas arquitetônicas o estilo da vida do colono no início do século XX.

Se você não sabe o que fazer em Carambeí essa é uma opção bem legal.

Nós fomos nesse parque logo após sair do Parque Vila Velha, em Ponta Grossa, para aproveitar o caminho.

 

Parque Histórico de Carambeí

Parte da frente do parque que não é cobrada.

 

O parque é muito grande e antes de entrar tem o restaurante que serve pratos de origem holandesa e indonésia.

Uma ótima pedida para quem procura onde comer em Carambeí. Estávamos com fome e queríamos provar as delicias holandesas.

Só que chegamos um pouco tarde e as comidas expostas não estavam dando água na boca, então pedimos petiscos holandeses do cardápio.

Comemos bolinhos Bitterballen, de carne desfiada cremoso por dentro e crocante por fora feito com 14 tipos de temperos e levemente apimentado e um outro bolinho que não lembro 😝.

 

onde comer em Carambeí

Restaurante.

onde comer em Carambeí

Bolinhos holandeses.

 

Uma porção com 5 custou R$16 e a outra porção R$ 14 que estavam bem gostosos, as bebidas estavam em torno de R$7 e metemos a cara nas tortas que custavam R$ 47,90 100g .

Gostei da torta de banana e pudim com nozes.

Nesse espaço você também encontra a loja de souvenirs, com a tradicional cerâmica holandesa.

 

Tortas holandesas

Tortas holandesas.

Estrutura do Parque Histórico de Carambeí:

A estrutura do Parque está distribuída em cinco setores.

O primeiro fica na entrada, aberta ao público gratuitamente. Composta pela Casa da Memória, que é uma construção de 1946 instalada num antigo armazém.

Ela possui dois andares com algumas representações da colonização.

 

Colônia holandesa

Museu – Casa da Memoria.

 

O segundo setor fica logo após a ponte que fica ao lado da bilheteria (ingressos R$30 gratuito nas quartas).

Um rapaz que trabalha lá muito simpático chamado Leandro, nos explicou sobre a ponte que foi trazida da Holanda e tem uma história bem interessante.

Na Holanda tinham os guardadores de ponte que ficavam puxando elas para cima para dar passagens aos barcos que passavam por baixo delas.

O pagamento era feito através de uma varinha com um tamanquinho de madeira pendurado, onde os barqueiros depositavam as moedas.

Algumas pontes precisam de dois guardadores, um em cada ponta para levantar, então seriam dois tamanquinhos para pagar, ou seja pedágio em dobro rs

 

o que fazer em Carambeí

Ponte sendo suspensa.

o que fazer em Carambeí

Tamanquinho para recolher o dinheiro.

 

Logo após a ponte tem uma casinha com uma salinha passando um vídeo de 7 min que conta a história da imigração holandesa.

E do lado dessa salinha fica a menina mais fofa do mundo para te atender com a foto temática.

O pessoal do parque nos deu esse serviço para mostrar aqui para vocês, mas custa muito baratinho R$5 por casal, quantas fotos quiser.

Você coloca as roupas holandesas e tira foto nos cenário de uma casinha típica. Fica muito fofinho hahhaha

 

Parque Histórico de Carambeí - Bate e volta de Curitiba

Usando as roupas típicas para tirar foto. Eu e o Zé.

A colônia Holandesa

Continuando o passeio, ao lado direito tem o setor 2 que é a maquete em tamanho real das primeiras construções da antiga Vila de Carambeí.

Com réplicas de casinhas de matadouro, açougue, garagem de tratores, escola e até uma igrejinha em tamanho real.

 

Parque Histórico de Carambeí - Bate e volta de Curitiba

Interior de uma das casas da vila.

Parque Histórico de Carambeí - Bate e volta de Curitiba

Igrejinha da vila.

 

E dentro tem bonecos com as roupas da época, tudo para te fazer ver como era uma vila holandesa.

Perto dessa colônia tem um borboletário com várias espécies em quandros de borboletas e insetos.

Borboletário Parque Histórico de Carambeí - Curitiba

Borboletário.

 

Dali nós fomos para o fundo do parque no setor 5 que seria o Parque das águas.

Onde é retratado as principais soluções holandesas no controle  dos fluxos de água para o desenvolvimento sustentável.

Lá tem outras construções que cercam um rio e um moinho bem no meio. Uma graça.

E a paisagem de tirar o folego de tão verde que é. Os setores 3 e 4 são formadas pelo Centro Cultural Amsterdam e o Parque de Exposições.

 

Carambeí paraná

Parque das águas.

Campos gerais

Vista linda para a imensidão verde.

 

DICA:

Além da visita, o Parque dá para seus visitantes livros e cartilhas para que a visita seja mais proveitosa.

Como por exemplo, uma escola que for visitar, afinal faz parte da nossa história e cultura.

Para os grupos com crianças com menos de 8 anos eles ainda tem um fantoche e cartilha turma do Parque, que ajuda com um aproveitamento melhor.

E também oferecem oficinas sobre cooperativismo, imigração e o que mais o Parque puder ajudar.

Nos livros que eles distribuem gratuitamente há um sobre a primeira família de imigrantes de Carambeí, em português e holandês. E outros livros maiores com a história do Parque.

Se você se interessar tem no site para fazer download ou pode pedir para eles que entregam de graça.

Mas só leve se realmente quiser, pois são grandes e pesados, e para trazer no avião é ruim.

Os nossos ficaram com o nosso amigo que mora em Curitiba.

Outra coisa legal é que no mês de dezembro o Parque Histórico de Carambeí se enfeita para o natal e faz muitas festividades, parece ser bem legal… então fica a dica de algo além de Gramado natal luz.

E em junho também tem as festas juninas com comidas típicas.

Se te interessar confira no site ou ligue na época que você estiver indo para Curitiba para saber se está tendo algum evento e a programação do Parque Histórico de Carambeí.

Mas não deixe de visitar a colônia, porque o lugar é muito bonito e nós nunca fomos tão bem tratados, merece a visita e precisa estar no seu Roteiro de Carambeí.

 

Campos Gerais Paraná

Parque Histórico de Carambeí.

 

Informação sobre o Parque Holandês:

Av. dos Pioneiros, 4050, Carambeí – PR

Horário de funcionamento são de terça a domingo de 11h às 18h.

valor da entrada R$30 a inteira e é gratuito nas quartas.

 

Conclusão:

Vale a pena fazer um Roteiro de Carambeí se estiver em Curitiba.

Suas características culturais marcam a região e faz com que o passeio seja algo diferente e educativo.

O parque de Carambeí é lindo e tem muitas atrações interessantes, além de um bom restaurante para provar as famosas tortas holandesas.

 

Se você gosta das nossas dicas segue a gente lá no Instagram @ateondeeupuderir para acompanhar nossas viagens em tempo real! E as fotos com dicas de viagens que já fizemos.

 


Confira nosso guia de viagem mais detalhado de roteiro de Curitiba, você pode clicar aqui. Ou selecionar o assunto que mais te interessa:


 

Também temos um guia completo de viagem para Foz do Iguaçu.

Gostou do post Roteiro de Carambeí? Deixe um comentário ou uma sugestão.


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 12 países e 87 cidades desde 2016 e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

12 Comments

  1. Carina 15 de setembro de 2020

    Que bacana saber desta cidade e região! Eu sou de Santa Catarina e nunca tinha ouvido falar (ou ao menos não me lembrava). Ótimas dicas, adorei!

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      hahahha é um lugar pouso explorado mesmo.

  2. Vamos viajar pra onde agora 16 de setembro de 2020

    Que coisa mais linda esse lugar! Não conhecia mais já estou apaixonada, sou louca pela Holanda.

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      Então você vai amar o parque.

  3. Natalie Soares 17 de setembro de 2020

    Além da cidade parecer uma gracinha, fiquei morrendo de vontade de provar esses bolinhos holandeses 😀

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      hahaha são bem gostosos!

  4. Marcela 17 de setembro de 2020

    Que lindinha que é Carambeí, fiquei com vontade de visitar. Adoro essas cidades pequenas e com atrações temáticas, muito gostoso de passear

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      Verdade, é uma gracinha e muito gostoso.

  5. Sil Mendes 17 de setembro de 2020

    Parece que é muito charmosinha Carambeí no Paraná. Se eu quiser pernoitar p conhecer com mais calma a cidade, quantos dias você sugere ficar?

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      Um dia você conhece bem a região, pode ser de um dia para o outro, a não ser que queira conjugar com Ponta Grossa que é bem pertinho e tem mais atrações. Temos roteiro de lá também.

  6. ferscafi 17 de setembro de 2020

    Que legal! Quero muito conhecer Carambeí pq adoro uma outra cidadezinha de colonização holandesa aqui perto de Campinas, Holambra. Penso em voltar em breve pra Curitiba e aí tô pensando tb em fazer um bate-volta pra Carambeí.

    Responder
    1. Ana Paula 18 de setembro de 2020

      Então vai ser bem legal, saindo de Curitiba é pertinho.

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

error: Content is protected !!
Verified by MonsterInsights