fbpx

Type to search

Belém

O que fazer em Belém

Compartilhe

O que fazer em Belém a capital do estado do Pará, conhecida por abrigar a festa do Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas do mundo. Seus pontos turísticos são ricos de informação e arquitetura única.

Tem as comidas mais exóticas do Brasil, todo brasileiro deveria conhecer esse lugar.

E ainda é ponto de partida para conhecer a Ilha de Marajó.

Quem quer visitar a famosa Alter do Chão, pode pegar um voo de Belém para Santarém.

Seu folclore tem raízes oriundas da Amazônia, e o artesanato indígena também é bem presente.

A cidade possui 39 ilhas que ocupam grande parte do seu território que são rodeadas por água doce.

Navegue pelo índice do post para ir direto ao assunto desejado nessa página:

Confira o nosso vlog de Pontos Turísticos de Belém do Pará aqui:

 

O que fazer em Belém do Pará

Veja o mapa com as atrações e pontos Turísticos de Belém do Pará aqui:

Praça da República

É onde estão algumas edificações históricas da cidade, incluindo o Theatro da Paz.

Ela é grande e muito verde, uma praça bonita que tem alguns coretos espalhados e um monumento.

Além de árvores, incluindo algumas bem grandes e típicas da região, e banquinhos para descansar.

Como chegar: Av. Pres. Vargas, 814 – Campina

Pontos Turísticos de Belém

Praça da República

 


Theatro da Paz

Parada obrigatória não somente para quem curte história e prédios históricos.

A visita guiada acontece de hora em hora e é gratuita nas quartas, mas custa R$6 nos outros dias com pagamento em dinheiro.

O prédio é muito bem preservado e lindo por dentro e por fora.

Entramos nas salas do prédio e na sala de espetáculo que é muito bonita.

A história do Teatro é muito interessante e a visita guiada faz diferença, tem duração de 40 minutos.

Como Chegar: Avenida Presidente Vargas, S/N, estavam pedindo carteira de vacinação. Terça, quinta e sexta às 09h – 10h – 11h – 12h – 14h – 15h – 16h – 17h ; Sábado às 09h – 10h – 11h – 12h ; Domingo às 09h – 10h – 11h; Quarta-feira a visitação é gratuita.

Pontos Turísticos de Belém

Theatro da Paz

 


 Cinema Olympia

Perto do Theatro da Paz fica um dos cinemas mais antigos do Brasil. Fundado em 1912.

Estava fechado quando estivemos na cidade.

Como chegar: Av. Pres. Vargas, 918 – Campina

 


Basílica Nossa Senhora de Nazaré

Uma das igrejas mais bonitas de Belém e mais importante.

É onde termina a procissão do Círio de Nazaré. E onde ficam aquelas famosas tirinhas coloridas penduradas.

Os visitantes costumam fazer pedidos e pendurar essas fitinhas no lado de fora da igreja.

E tem uma pracinha bonita na frente. Ela estava aberta e é de graça.

Como chegar:Av. Nª Sra. de Nazaré, 1300 – Nazaré

Basílica Nossa Senhora de Nazaré

Basílica Nossa Senhora de Nazaré

Basílica Nossa Senhora de Nazaré

Basílica Nossa Senhora de Nazaré


Museu do Círio

Fica pertinho da Basílica Nossa Senhora de Nazaré, dentro de um estacionamento grande.

O espaço homenageia a procissão do Círio de Nazaré, e conta sua historia através da coleção de aproximadamente 2 mil peças.

Mas estava fechado para almoço. Era por volta de 13:30 e só ia abrir as 15h, então não esperamos.

Como chegar: Rua Padre Champagnat, s/n. Cidade Velha. Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h.  Ingressos: R$ 2, sendo que às terças-feiras a entrada é gratuita.

 


Museu Paraense Emílio Goeldi

É Um parque zoobotânico que reúne diversos exemplares de fauna e flora amazônica.

A instituição científica mais antiga da Amazônia. Há 154 anos.

Por causa da pandemia estava fechado já há dois anos, e ia reabrir no mês que estávamos na cidade, uma pena que não deu para visitar.

Como chegar: Endereço: Av. Magalhães Barata, 376 – São Braz. Agora a visitação: de terça a quinta, das 9 às 15h e precisa ser agendada. Ingresso R$3.

 


Parque da Residência

Era a antiga residência oficial do governador do estado.

Há muitos jardins abertos ao público que são bem bonitos. O parque abriga:

  • A Secretaria de Cultura do estado do Pará,
  • A sede da Sociedade Paraense de Orquidófilos,
  • Um teatro com 400 lugares que pertenceu à Companhia de Gás do Pará,
  • Um anfiteatro
  • E um grande coreto usado frequentemente por jovens em ensaios culturais.

Como chegar: Av. Gov Magalhães Barata, 830 – São Brás de terça a domingo de 09:00–17:00, entrada gratuita.

 


Espaço São José Liberto

Um espaço turístico e cultural que tem o Museu de Gemas do Pará, a entrada é paga R$4 e não pode tirar fotos.

Também há o Polo Joalheiro, a Casa do Artesão, o Memorial da Cela, o Jardim da Liberdade.

Ele era um presídio então você pode visitar as celas e ver as joias que tem os preços na faixa de R$400 a R$1.000.

Além de artesanato e roupas.

Como chegar: Praça Amazonas, s/n – Jurunas de terça a domingo de 10:00–18:00.


Praça Batista Campos

Uma praça bonita, que tem um pequeno rio com pontes, coretos e flores.

Nos cantos da praça ficam barraquinhas vendendo água de coco.

Como chegar: Tv. Padre Eutíquio, S/N – Batista Campos.

 


Shopping Pátio Belém

Aproveitamos para ir no Shopping da cidade e era muito bonito, grande, com muitas lojas e moderno.

Há bons restaurantes também. Entramos nele para fugir da chuva repentina rs.

Como chegar: Tv. Padre Eutíquio, 1078 – Batista Campos. Horário Todos os dias de 10:00–22:00 domingo fecha 21h.

 


Mangal das Garças

A entrada no parque é gratuita e você tem acesso a grande área verde com muitas aves além de garças e outras espécies que ficam livres pelo parque.

Um dos parques mais bonitos que já fomos, principalmente por ter contato com os animais livres voando por perto.

Lagos com tartarugas e lagartos, tudo muito bem cuidado.

Há também alguns espaços fechados como o Borboletário, o Farol de Belém e o viveiro de aves, o museu de embarcações que são pagos a parte R$5 cada ou R$15 para ir em todos.

O que mais gostamos foi o viveiro, cheio de aves diferentes típicas da região, e você pode alimentá-las.

Além dos monitores darem uma aula sobre elas, lembrou o parque das Aves em Foz do Iguaçu.

Mangal das Garças

Mangal das Garças

E o Farol de Belém que tem uma vista linda fica em cima do viveiro.

Tem vista para o rio, para a cidade e para o parque que é muito bonito.

Como chegar: R. Carneiro da Rocha, s/n – Cidade Velha. Funcionamento: De terça a domingo, das 7h às 17h (área externa) e das 9h às 17h (espaços monitorados). Às terças-feiras, entrada franca em todos os espaços.

Veja um vídeo do Mangal das Garças de Belém aqui:


 Estação das Docas

Um dos complexos culturais mais importantes de Belém e também é bem bonito e badalado e fica às margens da Baía do Guajará.

Parece um shopping que na parte interna há várias barraquinhas, lojas de artesanato, joias e roupas de artigos bem paraenses vibe amazônica e restaurantes em seus andares.

Os preços são mais elevados que no Ver o Peso, mas também as coisas são mais sofisticadas e bonitas.

Não deixe de provar os vários sabores da sorveteria Cairu.

E na área externa onde também há restaurantes você pode apreciar a vista e um lindo pôr do sol.

Como chegar:  Av. Mal. Hermes, S/N – Campina Domingo a terça de 10h à 00h/ Quartas – 10h a 01h/ Quintas a sábado de 10h às 3h.

 Estação das Docas

Estação das Docas

 Estação das Docas

Estação das Docas


Complexo Ver o Rio

De frente para a baía do Guajará, rio que passa em frente da cidade.

No espaço aberto encontram-se várias barraquinhas de comidas típicas, shows musicais, cultura.

Como chegar:  Av. Mal. Hermes, 1374 – Umarizal

Complexo Ver o Rio

Complexo Ver o Rio

 

DICA: Todas as terças, de 10h as 17h, há visitação gratuita em vários museus. Segue a listinha:

    • Museu do Estado do Pará
    • Museu do Círio
    • Espaço Cultural Casa das Onze Janelas
    • Forte do Presépio
    • Memorial da Navegação (Mangal das Garças)
    • Memorial do Porto (Estação das Docas)
    • Museu de Gemas (Complexo São José Liberto)


Ilha do Combú

Ela fica a apenas alguns minutos de barco da capital. Nós fomos de Uber até a praça Princesa Isabel ( não dê mole nessa região, costuma ter assaltos).

E entramos no terminal de onde saem os barquinhos que levam até a Ilha. Custa R$20 ida e volta por pessoa.

Para circular na ilha que tem vários restaurantes, precisa pagar R$5 cada vez que for pegar um barco.

Você precisa dizer para onde quer ir e o barco te leva. No dia que fomos estava tudo fechado, menos o Chalé da Ilha.

Como essa já seria a nossa pedida, nós fomos. Os turistas costumam ir no Saldosa Maloca.

A paisagem é bem bonita no caminho para a ilha, nós adoramos o restaurante.

O restaurante é lindo, com mesas e cadeiras de madeira, um palco de apresentações, alguns espaços com cenários para tirar fotos.

E de frente para o rio onde você pode se banhar.

Pontos Turísticos de Belém

Chalé da Ilha – ilha do Combú

Para sair do restaurante fique atento aos horários, as embarcações saem de hora em hora.

Depois pegamos a embarcação e pedimos para nos deixar no Chocolates Filha do Combú.

São chocolates da dona Nena criados apenas com cacau e outros frutos colhidos na própria ilha.

Dona Nena também oferece opções de passeios com café da manhã, barco e degustação de chocolate.

É preciso agendar com pelo menos uma semana de antecedência através do e-mail combuorganico@gmail.com.

Nós tentamos fazer o passeio mais básico que é o roteiro1, mas não tinham pessoas suficientes, por isso só conhecemos a loja e provamos os chocolates.

Comam o brigadeiro, é delicioso e custa R$5.

Além desses roteiros eles fazem também os passeios:

  • Navegar pelo Igarapé Combu (45 min de navegação) R$50,00 por pessoa.
  • Navegar pelos Igarapés e Furos da Ilha (Combu/ Piriquitaquara/Paciência) 90 Min de navegação R$100,00 por pessoa.
  • Navegação em Volta da Ilha (120 Min de Navegação) R$120,00 por pessoa.

Saídas: diárias com Mínimo: 04 participantes

Na loja você encontra produtos regionais parceiros da loja como cachaça de açaí, de jambu, bolinhas de tapioca para colocar no açaí etc.

O que fazer em Belém

Chocolates Filha do Combú.

Como chegar: Com embarcações que saem do terminal que fica na Princesa Isabel no bairro Condor em Belém. Ou através de agências que organizam o passeio.

OBS: No dia que fomos, dia de semana, a ilha estava bem vazia, então a espera pelas embarcações eram demoradas. Eles esperam juntar pessoas para ter um mínimo de passageiros.

Veja esse vídeo da Ilha do Combú em Belém:

 


Ilha do Mosqueiro

Fica a 80km de Belém. É bem fácil de chegar, e você pode conhecer as praias de águas calminhas da costa leste do rio Pará (um dos braços do rio Amazonas).

Contém 15 praias de água doce, entre elas: Paraíso, Farol, Chapéu Virado, Bispo, Baía do Sol, Areião, Marahú, Praia Grande, Prainha, Murubira, Porto Artur, Carananduba, Ariramba e São Francisco.

Algumas são bem bonitas e o clima é bem diferente da cidade grande.

Fomos em dia de semana então estava bem vazio, muitas das praias não possuem estrutura.

As melhores foram a praia do Farol e do Chapéu Virado que são a mesma praia.

Uma das mais bonitas é a praia do Marahu.

O que fazer em Belém

Ilha do Mosqueiro

Como chegar: De ônibus: a linha 970 parte diariamente do Terminal Rodoviário de Belém, com destino a Ilha de Mosqueiro.

Custa R$ 5,80 e leva mais de 2h.

De carro: o acesso é pela BR-010/BR-316 e depois PA-391.

Alugamos um carro e foi a melhor decisão. Fizemos no nosso tempo e saiu mais em conta.

Você consegue chegar nas praias com o GPS do app, a rua vai beirando elas.

E tem como ir com agências mas custam cerca de R$200/280 por pessoa.

Pontos Turísticos de Belém

Ilha do Mosqueiro

Caso queira alugar um carro para fazer sua viagem, pode procurar no buscador da Rentcars. É um site de comparação de preços e locação de veículos com atendimento em todo mundo fornecido pelas principais locadoras de veículos do mercado.

Pesquise aqui

 

Veja esse vídeo da Ilha do Mosqueiro em Belém:

 


Mercado Ver-o-Peso

É considerado uma das maiores feiras livres da América Latina. Um dos mercados públicos mais antigos de todo o país.

O mercado abastece toda a cidade e região com mercadorias que vem das ilhas que cercam a capital.

As muitas barracas vendem de tudo desde artesanato, lembrancinhas, café da manhã, sucos naturais, farinhas, tapioca, castanhas….

Os preços são acessíveis e justos.

Mas já aviso, não vá nesse mercado na parte da tarde, embora esteja cheio, as barracas já estão fechadas e o risco de ser furtado aumenta.

O policiamento não funciona nessa região, embora tenham vários guardinhas espalhados.

Levaram o celular que estava no bolso do André, então ande com a mochila na sua frente e guarde tudo de valor bem no fundo.

Mas se você for na parte da manhã já é outra coisa, embora andar atento seja importante.

Como chegar: Blvd. Castilhos França – Campina seg a sab 05:00–18:30.

Pontos Turísticos de Belém

Mercado Ver-o-Peso

 


Centro histórico de Belém:

Veja um vídeo mostrando Pontos Turísticos de Belém que ficam no do Centro histórico aqui:

 

Nós fizemos tudo a pé nessa região, pois as atrações são próximas.

Não nos sentimos inseguros, deu para andar de boa, mesmo sendo pouco movimentado, mas não dê mole com celular e câmera a mostra.

Assaltos a mão armada não é algo comum aqui, mas furtos sim.

 

Igreja Nossa Senhora do Carmo

A sua arquitetura teve influência do artista Antônio Landi no século 18 e possui um altar em dourado.

É uma igreja bem bonita por dentro.

Como chegar: Tv. Dom Bôsco, 69-109 – Cidade Velha

pontos turisticos de belem

Igreja Nossa Senhora do Carmo

 

Praça Dom Frei Caetano Brandão

A cidade de Belém foi fundada, em 1616, a partir do Largo da Matriz, hoje Praça Dom Frei Caetano Brandão.

Inicialmente denominado Largo da Sé, foi o ponto de partida do encontro entre colonos e indígenas.

Uma estátua de bronze em homenagem a Dom Frei Caetano Brandão fica no centro da praça.

Que é contornada por canteiros de flores, calçadas em pedra de ardósia e compostas por palmeiras.

Como chegar: 12, R. Dr. Assis, 2 – Cidade Velha.

 

Forte do Presépio: 

Datado do século XVII, é um dos Pontos Turísticos de Belém mais famosos.

Ele marca o início da colonização do estado. O espaço é grande, tem alguns canhões antigos.

Você pode subir na parte mais alta dele e apreciar a vista para a cidade e o rio.

Como chegar: De terça-feira a sexta-feira – 10h às 18h, Sábados, domingos e feriados – 10h às 14h, É preciso pagar uma taxa de R$ 2,00

pontos turisticos de belem

Forte do Presépio

 

Praça Complexo Feliz Lusitânia

Foi onde Belém surgiu e se desenvolveu.

É apenas uma área aberta com vista para o rio, mas na região encontram-se várias construções antigas.

Como chegar: R. Siqueira Mendes, 2-240 – Cidade Velha. O Núcleo Cultural Feliz Lusitânia abre das 10 às 20 horas. Para os espaços abertos o acesso é livre.

 

Casa das 11 Janelas:

Localizado em frente ao Forte do Presépio, é um casarão colonial que foi transformado em um complexo cultural.

Tem algumas exposições, e fica às margens do rio, tem um jardim lindo para descansar, e apreciar a vista além de um café e um bar.

segunda a sexta de 10:00 – 16:00 e sábado e domingo de 10:00 – 14:00

pontos turisticos de belem

Casa das 11 Janelas

 

pontos turisticos de belem

Casa das 11 Janelas

 

Igreja de Santo Alexandre (Museu de Arte Sacra):

A Igreja e Colégio de Santo Alexandre foram a sede da Companhia de Jesus na cidade de Belém do Pará na época do Brasil Colônia.

O antigo complexo jesuíta, um dos mais importantes ainda existentes no país.

Abriga atualmente o Museu de Arte Sacra do Pará com cerca de 400 peças sacras (datadas dos séculos XVII ao XX).

Como chegar: Praça Frei Brandão, s/n – Cidade Velha. Antigo Palácio Episcopal. Fecha na segunda, de terça a sexta de 10:00–17:00, sábado e domingo de 09:00–13:00 valor do ingresso R$4.

 

Catedral Metropolitana de Belém ou Catedral da Sé:

Fica do outro lado da rua da Casa das Onze Janelas.

Fundada em 1616, junto ao Forte do Presépio tem estilo neoclássico e barroco.

Ela é muito fotogênica na frente com a pracinha florida.

É um ponto muito importante na celebração do Círio de Nazaré, pois é de lá que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré parte para a procissão.

Como chegar: Praça Dom Frei Caetano Brandão – Cidade Velha. terça a sexta de 08:00–12:00, 14:00–19:00. Sábado a segunda de 08:00–12:00, 16:00–20:00.

pontos turisticos de belem

Catedral Metropolitana de Belém

pontos turisticos de belem

Catedral Metropolitana de Belém

 

Nessa região também se encontram outros Pontos Turísticos de Belém como:

  • Museu da Imagem e Som –  fechado para reforma
  • Praça D. Pedro II
  • Museu do Estado do Pará: fechado para reforma
  • Museu de Arte de Belém: fechado para reforma

 

Pontos Turísticos de Belém do Pará que não conhecemos:

        • Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna
        • Palacete Bolonha
        • Praia do Amor
        • Praia do Cruzeiro
        • Museu da UFPA
        • Memorial da Cabanagem
        • Igreja de Nossa Senhora das Mercês
        • Instituto Histórico e Geográfico do Pará

 

SUGESTÃO DE ROTEIRO DE 3 DIAS EM BELÉM DO PARÁ:

1º Dia

  • Praça da República
  • Theatro da Paz
  • Cinema Olympia
  • Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré
  • Museu do Círio
  • Museu Paraense Emílio Goeldi
  • Parque da Residência
  • Espaço são José liberto
  • Praça Batista Campos
  • Complexo Ver-o-Rio ver o pôr do sol

2º Dia

  • Passeio para ilha de Combú
  • Parque Zoobotânico Mangal das Garças
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo
  • Catedral Metropolitana De Belém Nossa Senhora Da Graça
  • Igreja Santo Alexandre – Museu de Arte Sacra
  • Praça Frei Caetano Brandão
  • Complexo Feliz Lusitânia
  • Casa das onze janelas
  • Forte do Presépio

3º Dia

  • Mercado Ver-o-Peso
  • Passeio Ilha do Mosqueiro
  • Estação das Docas

 

Quais são as atrações turísticas mais conhecidas de Belém?

Acredito que os Pontos Turísticos de Belém mais visitadas pelos turistas são:

  • Theatro da Paz
  • Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré
  • Parque Zoobotânico Mangal das Garças
  • Catedral Metropolitana De Belém Nossa Senhora Da Graça
  • Casa das onze janelas
  • Forte do Presépio
  • Mercado Ver-o-Peso
  • Estação das Docas

O que fazer em Belém à noite?

Visite os restaurantes da cidade ou os shoppings, e tem a opção da Estação das Docas.

O que fazer em Belém no domingo?

A maioria Pontos Turísticos de Belém estão abertas ao domingo.

  • Espaço são José liberto
  • Praça Batista Campos
  • Theatro da Paz
  • Museu do Círio
  • Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré
  • Parque da Residência
  • Ilha de Combú
  • Parque Zoobotânico Mangal das Garças
  • Complexo Ver-o-Rio
  • Ilha do Mosqueiro
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo
  • Catedral Metropolitana De Belém Nossa Senhora Da Graça
  • Praça Frei Caetano Brandão
  • Igreja Santo Alexandre – Museu de Arte Sacra
  • Casa das onze janelas
  • Complexo Feliz Lusitânia
  • Forte do Presépio
  • Estação das Docas

O que fazer em Belém com chuva?

Vá para os lugares cobertos como os muitos restaurantes da cidade ou os shoppings que são muito bons.

  • Espaço são José liberto
  • Praça Batista Campos
  • Cinema Olympia
  • Theatro da Paz
  • Museu do Círio
  • Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré
  • Museu Paraense Emílio Goeldi
  • Parque da Residência
  • Ilha de Combú
  • Parque Zoobotânico Mangal das Garças
  • Complexo Ver-o-Rio
  • Ilha do Mosqueiro
  • Igreja de Nossa Senhora do Carmo
  • Catedral Metropolitana De Belém Nossa Senhora Da Graça
  • Praça Frei Caetano Brandão
  • Igreja Santo Alexandre – Museu de Arte Sacra
  • Casa das onze janelas
  • Complexo Feliz Lusitânia
  • Forte do Presépio
  • Mercado Ver-o-Peso
  • Estação das Docas

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Veja os passeios de Alter do Chão:

Alter do Chão

 

Conclusão:

Há muitos pontos Turísticos em Belém do Pará que são interessantes.

Com importante destaque na história do Brasil. E igrejas muito bonitas.

 

Se você gosta das nossas dicas segue a gente lá no Instagram @ateondeeupuderir para acompanhar nossas viagens em tempo real!

 


Confira nosso guia de viagem mais detalhado do Pará, você pode clicar aqui. Ou selecionar o assunto que mais te interessa:

Roteiro de Belém do Pará
Roteiro da Ilha de Marajó
Salvaterra
Roteiro de Alter do Chão
O que fazer em Soure
Roteiro de Santarém


Qual foi a dica que você mais gostou do nosso Pontos Turísticos de Belém do Pará?

 


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

12 Comments

  1. symone dias 18 de julho de 2022

    Que roteiro super completo …adoro roteiro bem detalhado com preços, localização e a opinião sobre o lugar. Parabéns pelo post!

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      Obrigada! ^^

  2. Gisele 18 de julho de 2022

    O Pará é de longe o meu estado favorito no Brasil!
    Amo Belém, adorei revê-la através dos seus relatos e das suas imagens. Saudades de comer um tacacá e tomar um sorvetinho da sorveteria Cairu na Estação das Docas!

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      Dá muita saudade das comidinhas mesmo hahhaha

  3. Lulu Freitas Gorges 22 de julho de 2022

    Adorei conhecer os pontos turísticos de Belém pelo seu post. O mercado é um dos lugares que tenho mais vontade de conhecer, pois adoro a gastronomia do Pará. Não sabia desse problema de segurança lá…. que chato o furto do celular.

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      Pois é, precisa ficar atento.

  4. Suriàn 23 de julho de 2022

    Adorei as dicas de o que fazer em Belém. Eu visitei Belém ano passado, mas não conheci a ilha do Mosqueiro. Quero muito conhecer. Agora já tenho motivo pra voltar

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      Quase ninguém conhece, fica mais pelo Centro.

  5. Patrícia 24 de julho de 2022

    É tao estranho mas ao mesmo tempo tão engraçado ler o seu post e perceber que o nome de algumas localidades no Brasil são iguais aos nomes de algumas localidades aqui em Portugal. Mesmo quem não soubesse perceberia os laços que unem estes dois países.

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      hahahhaha verdade, notei isso.

  6. Ruthia Portelinha 24 de julho de 2022

    Não fazia ideia da riqueza de destino que é Belém do Pará, gostei particularmente do mangal das garças, que parque bonito. Excelentes dicas

    Responder
    1. Ana Paula 25 de julho de 2022

      Obrigada!

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: