fbpx

Type to search

Fernando de Noronha Pernambuco

Guia completo de Fernando de Noronha

Compartilhe

Roteiro de Fernando de Noronha guia completo. Dicas, informações, preços, passeios, onde ficar, onde comer, como chegar – Navegue pelo índice do post para ir direto ao assunto desejado nessa página:

Confira nosso Vlog de viagem para Fernando de Noronha:

 

Sobre Fernando de Noronha:

 

Fernando de Noronha pertence ao Estado brasileiro de Pernambuco (apesar de estar mais perto do Rio Grande do Norte) e é um dos destinos mais procurados do Brasil e está na lista de muita gente.

Nos últimos anos o turismo em Fernando de Noronha tem aumentado tanto que está causando preocupação nos especialistas em preservação ambiental da ilha!

Descoberta em 1503 pelo navegador Américo Vespúcio e posteriormente doado ao financiador da viagem, o português Fernão de Loronha (que deu origem ao nome da ilha).

Noronha já foi invadida por piratas, foi ocupado por holandeses e franceses, foi sede de presídio (ainda encontram-se grades até em algumas cavernas), até que finalmente virou Território Federal e posteriormente foi reintegrado ao território de Pernambuco.

O arquipélago de Fernando de Noronha é formado por 21 ilhas e rochas vulcânicas. A maior de todas – também chamada “Fernando de Noronha” – é a única ilha habitada do arquipélago.

As demais estão contidas na área do Parque Nacional Marinho, que ocupa 2/3 da ilha principal e é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O restante da ilha é Área de Proteção Ambiental (APA). Na foto essa parte dentro do azul faz parte do ICMBio.

 

Mapa de Fernando de Noronha.

Mapa de Fernando de Noronha.

 

Aliás, para entrar nessa área e mergulhar nas praias você precisa comprar o ingresso para o Parque Marinho no valor de R$ 106 por pessoa.

Além disso, há a cobrança da taxa de preservação ambiental (TPA) no valor de R$ 73,52 por dia ( + detalhes em “como chegar”)

E só por isso é um destino um pouco mais caro que outros do Brasil, no resto está tudo a nosso alcance. E vou provar isso no post como economizar em Fernando de Noronha.

O fato é que o lugar parece um paraíso com suas formações rochosas e as águas cristalinas em indescritíveis tons esverdeados e azulados, cercada por uma vida marinha rica e colorida.

Fernando de Noronha é considerado o melhor lugar para praticar mergulho no Brasil e um dos melhores do mundo por causa da sua vida marinha conservada.

Pode-se desfrutar de uma visibilidade de até 50 metros – dependendo das condições.

Lá você pode ver golfinhos, tartarugas marinhas, raias e tubarões. É um lugar que deixou saudade e queremos voltar com certeza!

Se você é medrosa como eu e quando vê um tubarão na água sai um cocô espontâneo boiando do seu lado, está no lugar certo para perder esse medo e essa bosta flutuante 💩💩

Eu tenho muito medo, medo mesmo… entretanto consegui ir na praia e mergulhar, fazer snorkel de boa… ok, quase de boa, só não fiz mergulhos embarcados, e André, que tava doido pra ver, só viu um (de snorkel), então se você quer nadar com tubarões em Fernando de Noronha não é 100% garantido que você verá um…

As palestras no Tamar ajudam bastante a perder o medo e entender a vida marinha da ilha. É um ótimo destino para viajar sozinha ou sozinho.

Mesmo sendo uma ilha, a Vila dos Remédios – centro comercial –  é cheia de restaurantes, mercadinhos, muitas pousadas, moradores locais, a praia do Cachorro, o Forte e a Igreja Nossa Senhora dos Remédios, além do Centro Histórico.

Uma coisa chata em Fernando de Noronha é que o sinal das operadoras de telefonia que operam por lá (TIM, Oi e Claro e Vivo) é bem ruim e tem alguns pontos da ilha que não pegam mesmo.

Outra coisa sensacional é que a ilha é bastante segura, você pode andar com o celular na cabeça(!) que nada acontece, até porque não tem pra onde fugir 😁, deixamos nossas coisas na areia várias vezes e nada foi tocado.

Contudo, o que acontece às vezes são acidentes com Buggy e motos nas BRs – principalmente à noite quando os turistas já beberam umas e outras…

Os locais são pessoas sorridentes e prestativas, fizemos amizade com várias pessoas e amamos todo o calor humano que tem essa ilha.

E esse roteiro de Fernando de Noronha vai te ajudar a conhecer essa ilha mágica.

 

Mapa de Fernando de Noronha.

Mapa de Fernando de Noronha.

Que tal fazer um seguro viagem nacional?

Ele oferece assistência médica e odontológica, além de coberturas no reembolso de despesas por atrasos ou cancelamentos de voo, dano ou extravio de bagagem e cancelamento de viagem.

E tudo isso no precinho.😀

Faça uma cotação no site da Seguros Promo com desconto aqui

Quero Desconto!


 

Dicas de Fernando de Noronha:

Aqui você vai encontrar tudo sobre Fernando de Noronha, e essas dicas vão dar uma geral em todas as informações da ilha.

  • Leve lanches (e se der até água). Sei que fica caro pagar pra despachar a mala, mas faça as contas e veja o que vale mais.
  • Inclusive é permitido e muita gente leva comida na mala do continente para a ilha.
  • Se a pousada  não oferecer café da manhã, compre no mercado. Comer fora vai sair caro (cerca de R$40 por pessoa).
  • Leve dinheiro para fechar os passeios com pagamento à vista, assim eles dão descontos. Há Bradesco e Santander na ilha.
  • Existem lojas de mergulho mais baratas no Porto.
  • A maioria das trilhas não precisam de guia, se você já está acostumado a fazer pode perguntar para um morador ou pegar nossas dicas rs
  • Existe sistema de quentinhas por R$20 a R$25 e pratos feitos por R$30 no sistema de coma à vontade, com muita comida que pode alimentar até duas pessoas.
  • Os ônibus só aceitam pagamento em dinheiro e eles passam de 30 em 30 min, às vezes demora mais.
  • Não esqueça o repelente, e já adianto que o OFF não tem efeito nos mosquitos em Fernando de Noronha hahha, você não sente nada, no dia seguinte está cheio de bolotas que coçam pelo corpo.
  • Existem farmácias na ilha e a que fica do lado do restaurante da mãezinha na vila dos Remédios tem um preço legal
  • Muitos restaurantes e agências de passeios aceitam pagamento com cartão, no mercado às vezes funcionava e às vezes não.
  • Leve uma mochila, que não seja muito pequena, para máquina, snorkel e máscara, protetor solar, lanches, toalha e água.
  • Leve POR FAVOR aquelas blusas de proteção UV. Elas salvam a vida, porque você fica mergulhando e não sente o sol do nordeste te queimar (principamente ombros, costas e pescoço). E o fato de se molhar o tempo todo acaba tirando o protetor solar.
  • Faça o checklist da sua mala para não esquecer nada, senão pode pagar caro por isso.
  • A voltagem em Fernando de Noronha é 220v.
  • O fuso horário de Fernando de Noronha é uma hora a mais em relação à hora de Brasília. O meu Iphone ficava mudando a hora o tempo todo, então tire o seu relógio do automático para não perder a hora dos passeios (ou use um bom e velho relógio de pulso).
  • Leve snorkel e máscara, você vai usar bastante e economizar.
  • É crime catar conchinha, pedras ou qualquer coisa da ilha. Se te pegarem você pode pagar uma multa de R$5.000 a R$10.000.
  • Mergulho de Apnéia/Snorkel – Os melhores lugares são na Praia do Sancho, na Baía do Sueste e no Naufrágio na Praia do Porto. As travessias (porto ao cachorro, por exemplo) também parecem ser muito interessantes.
  • A ilha tem internet gratuita, a Noronha Connect, mas quase não funciona e deveria se chamar Noronha Desconnect hahahha… e o sinal na ilha é bem ruim e nem nos restaurantes você vai encontrar wifi, mas na ilha mesmo você só vai precisar do whatsapp e esse pega.
  • Uma dica para quem está indo para lá, ou gostaria de compartilhar experiências, é o grupo Dicas de Fernando de Noronha no Facebook.
  • Estão proibidos os plásticos descartáveis em todo o Arquipélago de Fernando de Noronha. Então não tem sacola no mercado e garrafas menores que 500ml não podem, canudo não tem e nem copo plástico.
  • Chinelos Crocs são ótima pedida para a ilha. Você pode usar em todos os passeios que fizer (inclusive trilhas). Usamos e aprovamos, porque pode molhar e seca rápido.
  • Como as ruas são de terra e pedras lisas não leve salto, mas rasteirinhas, Crocs, chinelo ou tênis.
  • As coisas em Fernando de Noronha chegam de avião ou de navio, por isso demora para chegar e pode correr o risco de não ter algo nos mercados. Foi quase impossível achar frutas por lá, vimos maçãs e kiwi mas não estavam bonitos.
  • Compramos água de 1,5 porque os galões maiores já tinham acabado – fica a dica aí, pergunte quando vai chegar mercadoria e compre logo porque as coisas acabam rápido e se tiver o que você gosta compre logo para todos os dias e deixe na geladeira.
  • Água mais barata: Garrafão de 20l. R$25 na padaria ou no Noronhão (devolvendo o galão)
  • Compre uma garrafinha de R$12 nos PIC’s que podem ser recarregados duas vezes com água (às vezes eles nem cobram). Além disso você leva essa garrafinha de recordação de Noronha…
  • É comum no pôr-do-sol o sol não encostar no mar, pois sempre tem um filete de nuvem 🙁 .
  • Pode deixar suas coisas na areia e ir mergulhar por 5h – ninguém pega nada.
  • Sugiro fazer os passeios com guias que as pessoas recomendem, tem uns que só fazem se for para duas pessoas no mínimo, outros que cobram mais caro e outros que são bem ruins ( infelizmente a única que fiz com uma guia foi decepcionante e por isso não tenho ninguém para indicar. #ficapraproxima #noronhamechamaqueeuvou
  • Há muitas agências de turismo em Fernando de Noronha, as que fizemos passeios vão estar listadas no post “o que fazer”, tem mais baratas e mais caras.
  • blitz e lei seca na ilha.
  • Precisa de autorização do ICMBio para usar Drone
  • É proibido alimentar os animais, tem gente que fica com pedaço de comida na mão e aponta para cima para as aves buscarem e tirar foto, vai pagar multa!
  • Não pode mergulhar se tiver golfinho na água, mas se você já estiver na água quando ele passar não tem problema.
  • Algumas piscinas naturais tem acesso proibido e fiscalização.
  • Cerca de 4 dias por mês algumas trilhas com agendamento obrigatório ficam fechadas para os turistas e ficam abertas apenas para os moradores.
  • É possível fazer agendamento no domingo, tem gente que diz que não, mas abre sim.
  • Há captura de tartaruga 2x por semana no meio da tarde com o projeto Tamar, mas pode ser que não consigam pegar – foi o nosso caso 🙁 – e você vai “perder” pelo menos umas 3h.
  • Siga o Instagram do Dicas_de_noronha, ele sempre dá dicas legais porque mora lá e você pode ate ver como o tempo está hahahha
  • É proibido acampar na ilha.
  • Há apenas um hospital público na ilha, e só atende emergências 24 horas. Casos mais graves são transferidos para o Recife via UTI aérea.
  • O chapéu precisa estar bem preso porque venta muito e voa fácil da cabeça.
  • Uma moradora falou que não sabe porque as pessoas usam branco na ilha, a terra de lá é diferente, mancha a roupa e não sai nem com Vanish 🤣 talvez por ser uma ilha vulcânica, então evite branco.
  • Se você também coleciona ímãs de viagem, compramos um ímã na lojinha da mãezinha, mas não pesquisamos onde teria mais barato. O nosso custou R$25, e tinha outros de R$10 de R$20

 


Quando Ir para Fernando de Noronha:

 

A melhor época para ir a Fernando de Noronha precisa levar alguns pontos em consideração:

  1. Mar piscina ou mar com ondas
  2. Baixa estação (mais barato) e alta estação ( mais caro)
  3. Estação seca ou chuvosa
  4. E nenhuma dessas alternativas rs

Eu vou postar aqui o que todos falam sobre Fernando de Noronha, mas não é uma regra. Porque nós seguimos essa lista e não foi 100%, por isso estou aqui para plantar a discórdia  😝

O que aconselham é: se quer mar calmo e cristalino com piscininhas naturais, a melhor época para visitar a ilha é fim de agosto até início de outubro, sendo ótimo para fazer mergulhos.

Que foi a época que fomos, mas adivinha… em algumas praias pegamos ondas, porque entraram vários swells na ilha, foram 4 vezes na semana… e até caldo eu levei (na Baía dos Porcos!).

Nós fomos na primeira semana de outubro e pegamos sol todos os dias. Em alguns acontecia de começar a nublar de manhã, mas depois o sol abria. (O tempo muda bem rápido por lá…)

E chuva pegamos apenas um dia e foi à noite, bem fininha.

E sim, tente ir nessa época, mas não só isso e sim prestar atenção na tábua da maré, ela sim vai dizer se sua estadia pode ser melhor ou não.

Porque você depende dela para fazer a maior parte dos passeios, piscinas naturais e acesso a algumas praias. Portanto se a maré mais baixa for à noite ou de manhã bem cedo, você pode não ter um bom proveito.

De qualquer forma, é bom saber que a época seca vai de agosto a fevereiro, e as chuvas ocorrem entre março a julho.

Embora seja um destino que acaba sendo mais caro por causa da passagem e das taxas em Fernando de Noronha, você pode viajar de abril a junho que é a baixa temporada na ilha.

E de abril a setembro o Mar de Dentro (litoral voltado para o Brasil) tem as melhores condições de mergulho.

Finalmente, para quem gosta de ondas e surf: os melhores meses são entre dezembro e março, quando o swell cria excelentes ondas na Praia da Cacimba do Padre.

Swell: São ondulações formadas por tempestades em alto mar, que vem em direção da costa e formam as ondas para que sejam surfadas.

 


 

Quantos dias ficar em Fernando de Noronha:

 

Nós ficamos em Fernando de Noronha por 8 dias inteiros, de domingo de manhã a segunda de tarde e não fizemos todas as atividades que queríamos (e a ilha ainda oferece muitas outras coisas pra fazer!).

A ilha pode não ser grande, mas há muitas atividades e atrações, por isso aconselho fortemente 7 dias ou mais, 10 dias é o ideal.

Até mesmo porque depois de 10 dias o valor da taxa (TPA) vai aumentando exponencialmente…

Principalmente porque algumas trilhas importantes e lindas da ilha só podem ser feitas com agendamento no ICMBio.

E acredite, mesmo as senhas sendo distribuídas às 16h, às 14h já tem gente na fila e conheci pessoas que já estavam pela 3ª vez na ilha e ainda não tinham conseguido fazer alguns passeios.

O motivo disso é que são poucas vagas muito disputadas, ou seja, se ficar poucos dias na ilha corre sério risco de não conseguir fazer esses passeios.

Além disso, cerca de 4 dias por mês algumas trilhas com agendamento obrigatório ficam fechadas para os turistas e ficam abertas apenas para os moradores.

Ademais, o lugar é lindo e paradisíaco, não vale a pena fazer as coisas correndo e com certeza você vai querer repetir os lugares que mais gostou.

 


Como Chegar em Fernando de Noronha:

 

Só é possível chegar em Fernando de Noronha de avião e só existem voos saindo de Recife ou de Natal pela Gol ou pela Azul.

Aliás, há um limite de pessoas por dia na ilha, mas se você confirmar passagem e hospedagem, não será barrado na chegada.

Você até pode encontrar passagens saindo da sua cidade, mas o avião vai fazer conexão em uma dessas duas cidades para seguir até Fernando de Noronha.

As passagens, tanto de Recife quanto de Natal, geralmente estão na faixa de R$1.000 então para baratear nós compramos a passagem Rio-Recife-Rio com milhas.

Percebemos que a Azul costuma ser mais barata que a Gol.

Tentar comprar barato é um desafio, a não ser que você tenha dias flexíveis ou aproveite as promoções que saem de vez em quando.

E se por acaso a passagem de Natal para Noronha for mais barata, mas a passagem da sua cidade para Recife for melhor, veja se compensa ir para Recife e pegar um ônibus até Natal, ou vice e versa, que leva em torno de 5h de viagem e custa R$60.

SAC Viação Cruzeiro: 0800 766 9000

 

Nossa Gambiarra: Avião RJ para Recife; Recife de busão até Natal; Natal para FN (ida) / FN para Recife – Recife para RJ (conseguindo assim usar as milhas para duas pessoas do RJ para Recife na ida e na volta e pegando o melhor valor de passagem aérea para Fernando de Noronha)

 

A outra coisa legal nisso tudo é que você pode esticar sua viagem usando alguns dias para conhecer Recife e Porto de Galinhas ou então Natal.

 

Como chegar em Fernando de Noronha.Guia Fernando de Noronha

Aeroporto de Natal.

Como chegar em Fernando de Noronha.Guia Fernando de Noronha

Aeroporto de Natal.

 

A Azul foi a melhor companhia aérea para a ilha. Já que a passagem para Fernando de Noronha já custa um rim, eles deram bebida (que poderia ser uma latinha de refrigerante ou suco e água) e um bolinho, um biscoito polvilho, um biscoito doce e um saquinho de balinha em formato de avião, que obviamente usei para tirar fotos antes de comer.

Na volta ofereceram as balinhas, batata frita, biscoito presuntinho e amendoim.

 

Lanche da Azul.Roteiro de Fernando de Noronha como chegar

Lanche da Azul.

 

Além disso, o piloto deu a volta na ilha quando estávamos chegando, foi maravilhoso esse “primeiro contato”, e ver ela todinha por cima ficará guardado na memória!

O avião é pequeno, então se não quiser sentar na asa, pegue assentos a partir da poltrona 13 ou na frente.

 

Avião da Azul.Roteiro de Fernando de Noronha como chegar

Avião da Azul para Fernando de Noronha.

Avião Azul

Avião da Azul para Fernando de Noronha.

 

Dica: Na viagem de ida para Fernando de Noronha, sente no lado esquerdo do avião para ver melhor o “ilha tour aéreo”

Se voar de Azul, não esqueça de levar alguns snacks Azul para comer na ilha #maodevacaforever

 

O Aeroporto de Fernando de Noronha é bem pequeno e recebe pouquíssimos voos diários.

Quando você chega, passa por um guichê que tem fila para quem já pagou as taxas online (que geralmente vai mais rápido) e fila para quem vai pagar lá na hora.

 

aeroporto de Fernando de Noronha como chegar

Fila para pagar ou entregar o recibo da taxa paga.

aeroporto de Fernando de Noronha como chegar

Aeroporto de Fernando de Noronha.

 

Nós pagamos a taxa online e não pegamos fila quando chegamos, fomos direto para o guichê de atendimento comprovar que havíamos pago a taxa, assinar e mostrar o documento.

Depois, se tiver despachado mala você vai para a mini sala com uma mini esteira para pegar. Como não despachamos foi tudo muito rápido.

Dali você já sai na área onde ficam algumas pequenas lojinhas e os guichês da Gol e Azul.

OBS: Por ser um aeroporto pequeno, quando há chuvas fortes ou condições climáticas adversas, alguns aviões não conseguem pousar e nem decolar.

Caso isso aconteça a Cia aérea vai te mandar para um hotel, geralmente o Zé Maria ou o Maria Bonita, que são os mais caros da ilha e tem acordo com as cias (também dão a alimentação).

Se não quiser correr esse risco, não voe nas épocas de chuva porque isso pode acontecer até 4, 5 vezes no mês.

Na volta, você precisa entrar em uma fila para mostrar novamente a taxa paga e depois em outra fila para passar em uma roleta e ir para o raio-x, tudo em uma sala apertadinha.

 

como chegar em Noronha

Fila para sair de Fernando de Noronha.

 

A sala de espera parece hospital público, super lotada. Os voos descem com os passageiros e em 10 minutos embarcam os novos.

Para sair do aeroporto de Fernando de Noronha  algumas pousadas disponibilizam o transfer gratuito do aeroporto até a pousada que pode ser privativo ou compartilhado.

Você deve consultar com ela se oferece esse serviço. Na nossa tinha, mas preferimos pegar um táxi que custou R$34.

Se sua pousada não oferece o transfer você pode reservar aqui:

Transfer ida e volta

Também existe a possibilidade de pegar um táxi que do aeroporto para as pousadas de Noronha fica na faixa de R$30. Eles ficam na saída do aeroporto.

Foi o que nós fizemos para poder chegar logo, pois as vans compartilhadas demoram mais para chegar, mas pode ser uma boa caso não esteja com pressa e/ou vá ficar muitos dias na ilha.

E se você estiver em um grupo grande de até 4 pessoas  pode sair mais em conta pegar o táxi. Além disso há a opção de ônibus.

Há uma parada na rodovia em frente ao aeroporto que passa a cada 30 min. O ônibus custa R$5, e vimos muitas pessoas que usavam o ônibus para sair ou chegar no aeroporto.

Agora voltando à questão das taxas da ilha.

Todo visitante deve pagar a taxa de preservação ambiental (TPA) de R$ 73,52 por dia , que pode ser paga pela internet, ou pagar diretamente na ilha. Leve o boleto e o comprovante de pagamento impressos.

Confira a tabela com os valores atualizados aqui.

Essa taxa vai para o governo de Pernambuco e “não para a ilha”, o que acho bem abusivo.

Ao desembarcar você vai entrar em uma das filas: existe uma para quem já pagou a TPA e outra para quem vai pagar (que normalmente demora mais)

Além disso há uma segunda taxa. Na verdade é o “ingresso” que se paga para entrar nas áreas do Parque Nacional Marinho que custa R$ 106 para brasileiros e vale por 10 dias.

Você também pode comprar os ingressos via online, mas vai precisar validar em um dos pontos de venda com a sua identidade.

Eles aceitam foto do documento – tinha esquecido meu RG na bolsa, mas como ando com uma foto dele no celular me safei hehe.

Você é fotografado e a sua foto fica armazenada no cartão de ingresso, que é magnético (pode levar como lembrança), e é lido pelas catracas (por isso o ingresso é intransferível). Leve sempre esse ingresso com você.

Se preferir pagar na ilha, aceita-se dinheiro ou cartão.  A compra do ingresso poderá ser feita nos seguintes locais em Fernando de Noronha:

  1. Centro de Visitantes do ICMBio – Al. do Boldro, s/n, Boldró
    Diariamente das 8h às 22h;
  2. Pic Golfinho – Sancho – no acesso ao Mirante dos Golfinhos e Praia do Sancho ;
    Diariamente das 8h às 18h30m;
  3. Pic Sueste – Praia do Sueste. Diariamente das 9h às 16h.

Essa taxa achamos correta, pois ela cuida da preservação do parque. E é notório como o parque é bem cuidado.

No sancho você desce por uma escada que colocaram, a trilha é em tábuas de madeira falsa feito com plástico reciclado, há banheiros limpos e lanchonetes etc…

 

Pesquise as melhores promoções de passagens aéreas para Fernando de Noronha com a Passagens Promo.

A Passagens Promo oferece tarifas diferenciadas para companhias como LATAM, Gol, Avianca, Azul e ainda oferece pagamento em até 10x sem juros no cartão de crédito ou feito por transferência bancária.

Faça sua cotação


Onde ficar em Fernando de Noronha

 

Os lugares mais indicados para se hospedar em Fernando de Noronha são a Vila dos Remédios (que é o centro histórico da ilha) e a Floresta Nova que fica à altura da Vila dos Remédios, mas do outro lado da estrada. .

Ambos próximos da Praça Flamboyant, de restaurantes e do comércio local.

Nós ficamos na Vila dos Remédios e adoramos a localização, porque tem mercado, ponto de ônibus perto, a ótima Praia do Cachorro e além disso dá para ir a pé até a Praia do Porto e a Vila dos Trinta (até para o ICMBio fomos a pé!).

Também é perto das principais praias que fazem parte da APA (que não precisa de taxa para ir).

 

Vila dos Remédios

Vila dos Remédios Fernando de Noronha.

 

Além desses tem a Vila dos Trinta e Floresta Velha.

A outra opção que achamos bacana foi a Vila dos Trinta – ela é mais afastada e com menos comércio, mas também é mais barato para comer e se hospedar, então se você explorar esses lados pode encontrar alguns achados.

 

Vila dos Trinta.

Vila dos Trinta.

Pracinha da vila dos Trinta.

Pracinha da vila dos Trinta.

 

A diária em Fernando de Noronha custa desde R$100 (quarto compartilhado) até Deus me livre e guarde, a nossa custou R$230 o casal em quarto com banheiro privado. E acredite, foi um achado!

Nós fechamos pelo Booking uma hospedagem, mas por um problema de overbooking fomos encaminhados para outra, então ficamos na Pousada do Marcinho.

E essa é nossa indicação de pousada em Fernando de Noronha. Ele ainda não está disponível nos sites de hospedagem, mas você pode fazer a cotação do quarto aqui, e por favor, fale que foi indicação do nosso blog, ele ficou muito nosso amigo!

 

Caso queira procurar outra opção de hospedagem em Fernando de Noronha, basta usar essa caixinha do Booking.com.



Booking.com

O que achamos da pousada:

Fomos muito bem recebidos pelo Marcinho (ex-comissário de bordo da TAM).

Estreamos a pousada dele que está sendo muito bem decorada e construída com gosto e cuidado.

Na parte de fora você acha ela simples, mas por dentro quartos super confortáveis e equipados.

 

onde ficar hospedagem

Pousada do Marcinho.

 

A pousada possui 8 quartos no total e o Marcinho que cuida de tudo.

Tinha uma TV grande na parede de frente para a cama, tem frigobar, janela com cortina e black-out, um espelho grande na parede, uma cômoda, ar-condicionado ótimo e que não fazia barulho nenhum e bem espaçoso.

A única coisa que não gostamos muito foi a acústica em relação ao quarto ao lado, pois era possível ouvir a TV ou algumas conversas mais altas. De qualquer forma, em relação à localização/barulho, a pousada fica bem localizada e em um local silencioso e tranquilo.

As tomadas são das “novas” de 3 pinos, leve seu adaptador, mas tem até bastante tomada no quarto

Ele trocou as toalhas e a roupa de cama quando precisou (e eram lindas e macias).

 

onde ficar em Fernando de Noronha hospedagem

Quarto.

onde ficar em Fernando de Noronha hospedagem

Quarto.

 

O banheiro molhava um pouco por ser box de cortina, mas não atrapalhou, ele sempre  mantinha tudo limpo. O chuveiro era elétrico – esquentava bem e tinha uma ótima pressão d’água.

Nos quartos mais caros o box é de vidro e a pia é espaçosa e moderna. Os quartos são lindos.

 

onde ficar em Fernando de Noronha hospedagem

Banheiro.

 

Como a cozinha está em reforma, ele deixou no quarto uma cafeteira, com as cápsulas para todos os dias que ficamos, uma sanduicheira e um microondas, mas depois ele vai tirar a cafeteira e o microondas e deixar na cozinha para todos os hóspedes.

Ele pretende oferecer café da manhã com preço justo e um lanche da tarde simples, mas caso o hóspede queira usar a cozinha vai poder ficar à vontade, o que ajuda bastante a economizar.

E uma das melhores coisas dessa pousada foi a localização. Na vila dos remédios – a 2 min do ponto de ônibus, mercado, centro histórico, perto da praia do Cachorro, 20 min a pé para o Porto ou para o projeto Tamar, perto de vários restaurantes famosos e da praça Flamboyant.

No dia em que fomos embora, como o voo era de tarde, o Marcinho deixou a gente sair mais tarde porque não tinha reserva pro dia, para tomar banho e se arrumar com calma.

Dica: Não saia e deixe o ar-condicionado ligado – a ilha não suporta tanta demanda de energia e pode acabar atrapalhando a sua estadia e a dos outros. Além disso a energia de lá é muito cara e poluente (diesel)

O mesmo vale para jogar papel no vaso sanitário, tudo na ilha é muito caro em relação a reparos e obras, se você entupir o sistema de esgoto, provavelmente vai ficar assim até ir embora rs. Isso não é um problema das pousadas e sim da ilha. Essas “solicitações de bom convívio” também são feitas na palestra antes do agendamento das trilhas.

 


Onde comer em Fernando de Noronha:

 

Há muitas lanchonetes e restaurantes em Fernando de Noronha, dos mais sofisticados aos mais simples. Baratos e caros, para todos os gostos, basta saber procurar.

Vou listar alguns restaurantes e as informações, mas tem um post mais completo (e com mais fotos) de onde comer em Fernando de Noronha aqui. 

 

Tricolor: BR 363 nº 136 – Vila do Boldró, (Perto do ICMBio). Horário: Quinta a terça das 12:00 às 21:30.

Comemos uma moqueca para dois que estava gostosa e bem servida por R$165, mas demos mole pois dava para comer por R$130 (explico no post detalhado).

 

Restaurante do Jacaré: Rua General Dutra 13 – em frente ao Palácio São Miguel na Vila dos Remédios. De segunda a sábado das 12:00 às 14:00h.

Podia comer lá por R$38 à vontade por pessoa, ou fazer uma quentinha por R$25. A comida é bem simples e não achamos muito saborosa.

 

Burgueria Gourmet : Rodovia Br 363. Em frente à Praça Flamboyant. Horário: Todos os dias das 18:00 às 00:00h

Lugar bastante simpático com hambúrguer bem grande por R$38,90, se quiser batata são mais R$25.

 

Cacimba Bistrô: Praça Presidente Eurico Dutra 09 – Vila dos Remédios. Horário: Todos os dias das 12:00 às 23:30

Foi o restaurante mais caro da viagem, e conto o motivo no post mais detalhado sobre restaurantes…#duasbestasemnoronha.

Comemos a moqueca de lagosta para duas pessoas por R$202, bem servida.

 

Açaí Raízes de Noronha: Rodovia BR 363 (em frente à escola e ao lado do Mundo Verde) – Floresta Nova. Horário: Todos os dias das 06:00 às 00:00h

Vende comida, mas provamos o Açaí (mais caro do mundo), um copo de 500ml do “açaí Noronha”, que mistura açaí com creme de cupuaçu (com leite condensado!) por R$32.

Lá também é padaria, vendia pães, frios e outras coisas. Também fazem lanches.

 

Pizzaria Na moita: Rua Dom Juquinha, S/N. Horário: Sexta a quarta feira das 19:00 às 23:00.

Uma pizza muito deliciosa na ilha, serve bem duas pessoas e fica na faixa de R$100.

 

 Restaurante da Edilma: Rua São Miguel, 17 – Vila dos Remédios. Horário: Dom – Sáb:12:00 – 23:30h.

O restaurante estava fechado para reformas e só abre em abril de 2020, mas está oferecendo lanches bem baratos.

Cachorro quente grande por R$10, Tapioca por R$13 e pastel grande por R$15.

 

Xica da Silva: Alameda das Acácias, 11 – Floresta Nova, Dom – Sáb de 12:00 – 00:00h.

Pratos a partir de R$100 por pessoa, nós dividimos um somente para experimentar já que é bem famoso. E estava bem gostoso mesmo. Pedimos o peixe mestiço.

 

Flamboyant: Praça dos Flamboyant 1. Horário: Dom – Sáb de 11:00 – 23:00h.

Também não é barato, e dividimos o peixe na bananeira para provar, visto que é um prato tipico da ilha e estava delicioso. Foi R$ 75 para uma pessoa, mas tem também para duas.

 

Restaurante da Mãezinha: Rua São Miguel. Horário: Todos os dias de 12:00 às 00:00h

Restaurante a quilo (R$80 o quilo), com comida muito gostosa que fica na Vila dos Remédios bem perto de onde nos hospedamos.

Nossos pratos ficaram em torno de R$20 a R$25, mas sem colocar muito.

 

Hot Lanches: Rodovia Br 363. Em frente à Praça Flamboyant, na BR 363. Do lado da Noronha Roots. Horário: Todos os dias das 18:00 às 00:00h

Lugar muito simples, um contêiner pequeno que fica numa entradinha de terra.

Lanches a partir de R$20. Comemos o Sertanejo e estava uma delicia.

 

El Perro: Em frente ao Bar do Cachorro e fica aberto das 18:00 até às 02 da manhã ou até o último cliente.

É um restaurante relativamente novo na ilha, no cardápio comida mexicana, japonesa e peruana.

Escolhemos as deliciosas Quesadillas de camarão R$50, mas tem de carne e de frango também.

 

 

Supermercados em Fernando de Noronha

Estão proibidos os plásticos descartáveis em todo o Arquipélago de Fernando de Noronha, com a finalidade de proteger o ambiente. Então não tem sacola no mercado, leve uma bolsinha.

 

Noronha Frios: Vila dos Remédios. Horário: Todos os dias das 07:00 às 01h

Esse ficava bem perto da pousada, lá aceita cartão, mas na maioria das vezes não pegava, então leve dinheiro.

Compramos água de 1,5 l porque os galões já tinham acabado… fica a dica aí, pergunte quando vai chegar mercadoria e compre logo porque as coisas acabam rápido e se tiver o que você gosta compre logo para todos os dias e deixe na geladeira.

Compramos um pacote de pão de forma, uma caixa de suco de laranja, um pacotinho de fatias de queijo e um de fatias de peito de peru que deu R$35, em outro dia pegamos de presunto (fique atento a cor dele, se tiver rosinha é porque está mais fresco) esse café da manhã durou pelo menos uns 4 dias para duas pessoas.

A água era de uma marca chamada Villa, mas tem gosto de água rs, sempre íamos nesse mercadinho para comprar água ou outra coisa, lá também vende umas paletas mexicanas por R$12 que eram gostosas.

 

mercado

Noronha Frios.

 

Mercadinho e Padaria Breakfast: Vila dos Remédios. Horário: De segunda a sábado das 06:00 às 22:00 domingo: 08:00–12:00, 18:00–20:00.

Também ficava perto, na Vila dos Remédios em uma rua mais escondida, mas os preços do Noronha Frios estava melhor, mas tem mais variedade de pães e outras coisas.

 

Supermercado Noronhão: R. Pinto Branco, 212. Vila dos Trinta. Horário: De segunda a sábado das 08:00 às 20:00.

Não fomos nesse, mas falam bem dos preços.

 

Supermercado Poty: Avenida Maj Costa, 165.Horário: De segunda a sexta das 05:00 às 21:00 domingo: 05:00–13:00, 17:00–20:00

 

mercado

Mercado Poty.

 

Mundo Verde/Açaí Raízes: BR-363, s/n Floresta Nova. Horário: De segunda a sexta das 09:00 às 00:00 Sábado: 09:00–13:00

É uma lanchonete também, mas vendia algumas coisas, pães etc. Os preços são mais altos, mas tinha uma variedade boa de coisas para café da manhã.

 

mercado em Fernando de Noronha

Açaí Raízes.

mercado em Fernando de Noronha

Mundo Verde.

 

Veja também nosso post com dicas de alimentação nas viagens aqui


Transporte em Fernando de Noronha:

 

Transfer:

Para alguns passeios na ilha o transfer de ida e volta já está incluído, você só precisa ver com a agência que você fechar.

 

Aluguel de moto, carro e buggy em Fernando de Noronha:

Uma opção para se locomover pela ilha é alugar um buggy, que pode ficar até mais em conta dependendo do número de pessoas.

O valor da diária custa a partir de R$300. E ainda tem a gasolina, que custa R$7,10 o litro – na ilha só tem um posto de gasolina e fica no Porto.

Atente-se ao fato de que há lei seca na ilha e algumas blitz na estrada. Criança de colo não pode andar no buggy, só em táxi.

É melhor reservar com antecedência, pois a demanda é grande e há racionamento de combustível.

Dica: O posto de gasolina fecha às 19h todos os dias.

Valor da Diária:

Buggy – Fyber, Equus, Magnata, Cobra
R$ 290,00
Moto – Honda Bros 125
R$ 170,00

Posto de gasolina Transporte em Fernando de Noronha

Posto de gasolina de Fernando de Noronha.

 

Táxi:

A opção de táxis com preços tabelados, você pode ter uma noção dos valores tabelados aqui. Para chamar um táxi, basta ligar no número (81) 3619-1314 (eles não trabalham com Whatsapp).

Os preços da volta são iguais aos da ida. A bandeira 2 vale entre 20h e 6h e aos domingos. Não há acréscimo por bagagem ou por chamada.

O ponto deles ficava muito perto da nossa pousada, na Vila dos remédios.

Dependendo de onde for, já pode deixar combinado a volta com o motorista.

 

Ônibus:

Há também uma linha de micro-ônibus que circula toda a ilha, com um ônibus saindo de cada sentido (um do Porto e outro da Praia do Sueste) custa R$5 e o horário de funcionamento é das 05 horas às 22 horas, passando nos pontos a cada 30 minutos (teoricamente).

O motorista, que também é o cobrador, fala as paradas, então não tem como se perder e qualquer coisa pode pedir para ele.

Os ônibus foram trocados no final de 2018, então estão bem novinhos.

E não estranhe se muitas pessoas entrarem sem pagar, os moradores não pagam passagem e, acredite, os motoristas sabem quem são rs

Por conseqüência, foi o transporte que mais usamos, esse e o “pevete” (a pé), são 3 ônibus (2 e 1 fica “de reserva”) que rodam a ilha, por ele demorar 30 min nós só pegávamos se o destino fosse muito longe ou se já estivesse passando no ponto, visto que o ponto ficava muito perto da nossa pousada.

DICA: Quando há problema com o ônibus e só roda um na ilha a espera é de até 1h no ponto.

 

Guia de Fernando de Noronha Transporte

Mapa da rota de ônibus de Fernando de Noronha do site Moovit.

 

 

Transporte em Fernando de Noronha

Ônibus de Fernando de Noronha.

Transporte em Fernando de Noronha

Ônibus por dentro.

 

Bicicleta 

Custa em torno de R$50 o dia. Se você curte andar de bicicleta é legal, mas acho que perderia muito tempo indo até as praias distantes e obviamente você gasta bem menos indo de ônibus.

 

A pé ou de carona

Nós fomos a vários lugares a pé, e andávamos cerca de 20-30 min. Só acho que você deve passar protetor solar, usar boné e uma blusa de proteção se puder. Mas era tranquilo e economizava.

Foi uma boa opção quando o ônibus não estava no ponto e também ia demorar, já que ele teoricamente passava de 30 em 30 min.

Entretanto, nós ganhamos algumas caronas, que foram oferecidas quando estávamos sozinhos em alguma estrada, as pessoas são muito simpáticas. Mas você também pode pedir, isso é comum na ilha.

 

 


 

O que fazer em Fernando de Noronha:

Há muita coisa para fazer na ilha, podendo ser agrupadas basicamente em: praias, mergulhos, trilhas, piscinas naturais, mirantes e pôr-do-sol.

Confira nosso mapa com as atrações da ilha

Veja nosso roteiro de Fernando de Noronha listando todas as atrações e o que fazer 

 

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais.

Tour completo em Fernando de Noronha

 

O que não fizemos:

    • Travessia do Porto até o Cachorro a nado
    • Rapel no Morro do Piquinho
    • Atalaia curta e longa
    • Alguns pontos de mergulhos
    • Trilha Capim Açu
    • Morro São José a nado
    • Snorkel com Guia
    • Passeio de barco de manhã
    • Amanhecer na Canoa Havaiana
    • Canoa transparente
    • Ilha Tour (foi opcional não fazer)
    • Piscina natural do Morro de Fora
    • Mirante dos Golfinhos


 

Quanto custa uma viagem de 9 dias para Fernando de Noronha:

 

  • Voo de recife ou Natal para Noronha: Em torno de R$1.200
  • Taxa de preservação: R$73,52 pessoa por dia: R$573,44 por pessoa 9 dias
  • Ingresso ao Parque Nacional Marinho: R$106 por pessoa
  • Diária casal nas pousadas: R$300 a R$1000  –  a nossa custou R$ 230 por dia o casal – R$1.840,00 8 diárias
  • Táxis: De R$25 a R$ 35 gastamos R$ 136 (4 corridas)
  • Passagem de ônibus: R$5 o trecho – R$ 150 usando todos os dias para duas pessoas
  • Preços refeição no restaurante: R$35 a 70 por pessoa bebidas em torno de R$ 8 – Gastamos R$1.088,39 duas pessoas – média de R$120 por dia o casal ou R$60 por pessoa
  • Litro da gasolina: R$7,10 (não usamos carro)
  • Gastos com café da manhã e mercado: R$ 144 duas pessoas
  • Água de 1,5 litros no mercado: R$6. Total para os 8 dias R$60 duas pessoas ( mas o valor do mercadinho tem água incluída)
  • Mergulho de cilindro no porto: R$250 por pessoa
  • Passeio de barco: R$200 por pessoa
  • Canoa Havaiana: R$160 por pessoa
  • Aluguel de case para GoPro: R$100 duas vezes
  • Mergulho embarcado: R$400 a R$700 – André fez um por R$600 por pessoa
  • Guia para Pontinha e Caieras: R$150 por pessoa
  • Aluguel de colete R$10 por pessoa a diária: gastamos R$30

Total da nossa viagem para duas pessoas: R$6.621,88

Veja o nosso post com dicas para economizar em Fernando de Noronha e essa lista com valores reduzidos aqui.

 

Nosso Roteiro de Fernando de Noronha:

Atrações imperdíveis em negrito

1º dia Domingo

  • Chegada na Ilha
  • Praia do Cachorro
  • Praia do Meio
  • Praia da Conceição
  • Pôr-do-sol no Bar do Meio (em frente – tão bom quanto e de graça!)

2º dia Segunda

  • Praia do Sancho
  • Mirante do Sancho
  • Mirante Dois Irmãos
  • Agendamento dos passeios no Boldró
  • Museu Tamar
  • Pôr-do-sol no Mirante do Boldró

3º dia Terça

  • Praia do Porto
  • Museu dos Tubarões
  • Buraco da Raquel
  • Enseada dos Tubarões
  • Mirante Air France
  • Passeio de barco no entardecer com Aquasub

4º dia Quarta

  • Canoa Havaiana
  • Mergulho de cilindro no Porto
  • Praia do Sueste
  • Praia do Leão
  • Pôr-do-sol no Forte Nossa Senhora dos Remédios
  • Palestra sobre Golfinhos no Tamar à noite

5º dia Quinta

  • Praia do Bode
  • Praia da Quixabinha
  • Cacimba do Padre
  • Baía dos Porcos
  • Praia do Americano
  • Praia do Boldró
  • Pôr-do-sol no no morro do Bode

6º dia Sexta

  • Trilha para Pontinhas e Caieras (Só a Ana)
  • Mergulho embarcado (Só André)
  • Repetiu o Sancho e viu o Pôr-do-sol de lá
  • Palestra sobre Tubarões no Tamar à noite

7º dia

  • Piscina do Abreus
  • Repetir Praia do Sueste
  • Trilha Morro do Piquinho para ver o Pôr-do-sol

8º dia

  • Piscina do Morro São José
  • Repetir Praia do Porto
  • Palestra sobre Noronha no Tamar

9º dia

  • Buraco do Galego e Lasca da Velha
  • Repetir Baía dos Porcos

 

Conclusão:

Não é mentira que essa ilha é mágica. Não tem paisagem feia e parece que você está no paraíso.

Esse paraíso é composto pelas pessoas que moram lá, as praias, paisagens, o pôr-do-sol que de qualquer lugar é lindo e sua vida marinha extraordinária.

Fernando de Noronha é possível, e vale muito a pena conhecer.

 

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Conheça as atrações de Fernando de Noronha aqui.

Fernando de Noronha

 

Se você gosta das nossas dicas segue a gente lá no Instagram @ateondeeupuderir para acompanhar nossas viagens em tempo real!

 


Confira nosso guia de viagem mais detalhado de roteiro de Fernando de Noronha, você pode clicar aqui. Ou selecionar o assunto que mais te interessa:

  • Onde comer em Fernando de Noronha, lista de restaurantes e lanchonetes aqui.
  • Como economizar em Fernando de Noronha aqui.
  • Trilhas de Fernando de Noronha aqui.
  • Passeio de barco e Canoa Havaiana em Noronha aqui.
  • O que fazer em Fernando de Noronha – Atrações aqui.
  • Praias de Fernando de Noronha aqui.
  • Mergulhos em Fernando de Noronha aqui.

 

Gostou do post “Roteiro Fernando de Noronha Guia completo”? Deixei ele super detalhado para te ajudar. Então, por favor, se for bom para você e sua viagem deixe um comentário, mande um e-mail, esse feedback me ajuda a criar um conteúdo rico para os leitores.

E que tal conhecer outros posts do Blog como:

Nossas dicas para destinos de praia

Praias Brasileiras mais bonitas que conhecemos

 


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

16 Comments

  1. Gabriela Torrezani 29 de outubro de 2019

    Muito legal seu guia para Fernando de Noronha, completíssimo com tudo o que precisamos saber. É uma das viagens dos meus sonhos!

    Responder
    1. Ana Paula 31 de outubro de 2019

      Obrigada! Espero que ajude a realizar seu sonho.

  2. Luciana Freitas 29 de outubro de 2019

    Excelente post! Super completo. As dicas práticas muito boas. Bom saber que o OFF não funciona com os moquistos de Noronha.rsrs

    Responder
    1. Ana Paula 31 de outubro de 2019

      hahhahah pois é, eu passava o treco e não funcionava. Obrigada!

  3. Larissa 29 de outubro de 2019

    Ótimo post! Muito boas as dicas! Obrigada por compartilhar.

    Responder
    1. Ana Paula 31 de outubro de 2019

      Obrigada!

  4. Jeniffer Costa 1 de novembro de 2019

    Amei o post, roteiro super completo. Não sabia que era proibido acampar na ilha. Agora vou ler o post sobre como economizar, afinal é um pouquinho salgado rsrs. Obrigada pelas informações!

    Responder
    1. Ana Paula 1 de novembro de 2019

      Que bom que gostou! vou postar em breve.

  5. Andrea 1 de novembro de 2019

    uau…caramba, guia completo esse mesmo. Adorei todas as dicas, que certamente vão me ser uteis na minha visita por lá.

    Responder
    1. Ana Paula 1 de novembro de 2019

      Que ótimo, fico feliz em ajudar!

  6. ferscafi 1 de novembro de 2019

    Nossa, esse guia ficou demais! Completíssimo! Não conheço ainda esse paraíso, mas já sei onde eu volto quando for organizar minha viagem pra lá hehehe

    Responder
    1. Ana Paula 1 de novembro de 2019

      ahahhaha boa! Espero que vá logo, vai amar!

  7. kauanda 8 de dezembro de 2019

    parabéns pelo guia, estou amando suas viagens..Continue escrevendo suas aventuras para servir de espiração para os demais..Seguirei suas dicas na minha próxima viagem..

    Responder
    1. Ana Paula 8 de dezembro de 2019

      Ah que feliz vc me deixou! Que bom que está gostando, espero te ajudar sempre!

  8. Luciane 30 de janeiro de 2020

    Adorei o seu roteiro de Fernando de Noronha, sem dúvidas o mais completo que eu ja li. Vai me ajudar muito!!!

    Responder
    1. Ana Paula 3 de fevereiro de 2020

      Que bom, ficamos felizes em saber!

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: