fbpx

Type to search

Dicas Planejamento/Organização

Planejamento de viagem internacional

Compartilhe

Uma viagem internacional precisa de mais preparo e organização que uma viagem nacional.

Afinal, você estará conhecendo um outro país, com outras culturas, valores, preços e tudo diferente do que você está acostumado.

Vai ser a melhor experiência da sua vida, mas para ficar ainda melhor é importante saber como planejar uma viagem internacional para Europa, América, Ásia, ou qualquer lugar do mundo.

Uma das dúvidas que normalmente temos é quanto tempo antes devemos planejar uma viagem internacional, quanto mais tempo tiver melhor e depende muito do destino.

Para a Tailândia tivemos 6 meses e para a China menos de 2, e as duas viagens levamos mais de 30 dias. Nesse cenário a da Tailândia foi melhor no planejamento.

Outra coisa que buscamos saber é se é possível fazer viagem internacional barata, sim, é possível, vai depender das suas escolhas.

Com uma planilha de planejamento de viagem você pode organizar seus gastos e saber como planejar uma viagem internacional com pouco dinheiro.

Aqui vão algumas dicas do que precisa para uma viagem internacional, o que não pode deixar de levar em uma viagem internacional e os cuidados que deve ter antes de ir.

 

Como planejar uma viagem internacional documentos necessários:

 

1 – Passaporte

Sem ele você não entra em nenhum país que não seja parte do Mercosul, como a Argentina e o Chile, que aceita o documento de identidade (RG) para entrada no país.

Se você não sabe como tirar o passaporte basta entrar no site da polícia Federal, e ver quais os documentos necessários, preencher o formulário e gerar a GRU de pagamento.

Caso queira mais detalhes você pode conferir as dicas de como tirar passaporte brasileiro do Blog Além da Curva.

Depois é só agendar o dia que vai levar a documentação e tirar a foto, em poucos dias você já pode pegá-lo.

Se você já tem passaporte, é importante lembrar que para muitos países ele precisa ter no minimo 6 meses ainda válidos.

 

 

2 – Visto

Alguns países precisam de visto para entrar como nos Estados Unidos e Camboja.

Trata-se de um documento que autoriza a entrada de um estrangeiro em outro país. E precisa ser feito com certa antecedência.

Cada país é de um jeito e por isso você precisa se informar antes.

Alguns países não precisam de visto, mas cobram uma taxa de turismo, verifique antes.

 

3 – Vacinas

Alguns países exigem algumas vacinas para entrar nele, como é o caso da Tailândia que exige o certificado da febre amarela.

Para verificar as vacinas exigidas para cada país basta entrar no site da ANVISA e digitar o destino.

Depois toque no simbolo de olho e na próxima página estará escrito a vacina que exige, ou não e a indicada, que você pode tomar por precaução.

 

vacina para viagens internacionais

Site da Anvisa

Site da Anvisa.

 

Confira o post sobre Doenças comuns em viajantes do blog Descobrir Viajando

Informações importantes para o planejamento da viagem internacional :

 

3 – Moeda local – Câmbio

Entra nessa lista, pois Real só é aceito no Brasil. Então é importante trocar dinheiro antes de viajar.

O que nós sempre fazemos é trocar um pouco aqui no Brasil para conseguir sair do aeroporto e para emergências e depois trocar o restante no destino.

Porque a taxa de câmbio no Brasil raramente é melhor que a do destino.

Também é algo a se fazer com antecedência, pois mesmo que você não troque muito aqui, precisa sacar em Real para trocar lá.

E dependendo do seu banco você pode levar dias sacando, por causa dos limites diários. Sacar dinheiro no destino vai fazer você pagar IOF.

 

4 – Seguro Viagem

Nunca viaje sem um seguro viagem, ele é muito importante em viagens internacionais.

É normal algumas pessoas terem problemas com intoxicação alimentar e nós nunca sabemos o que pode vir acontecer.

Mas se acontecer algo em um país estrangeiro sua dor de cabeça será muito maior sem um seguro viagem.

Nos Estados Unidos então, um atendimento médico é uma fortuna.

Além disso, países que fazem parte do Tratado de Schengen, o seguro é obrigatório e pode ser exigido na hora que você passa pela imigração.

Os Seguros Viagem também oferecem cobertura para extravio de bagagem, ou atraso e cancelamento de voos.

Você pode pesquisar o melhor seguro para você no site da Seguros Promo, que compara o preço entre as principais seguradoras

Ele mostra os melhores valores e tem seguros a partir de R$9 por dia para destinos internacionais. Além de poder pagar parcelado e ter desconto usando o código “ATEONDE5“.

Se você tiver dúvidas sobre seguro viagem veja nosso post sobre tipos de seguro viagem e sobre dicas de seguro viagem.

 

5 – Clima 

Busque saber qual a estação e o clima do lugar que você vai viajar.

Quando fomos para a China, achei que iria pegar o mesmo clima da Tailândia, porque era no mesmo mês, março.

Me ferrei! hahhah peguei muito frio e tive que gastar R$300 em um casacão que segurasse o frio, e usei ele quase todos os dias da viagem de 35 dias.

Obvio que não tem como prever chuva, tempo nublado ou a quantidade de calor que vai fazer, mas é importante entender o clima do local.

Isso te ajuda a entender o tipo de mala que você precisa levar e evita gastos que você não planejou.

E dependendo da viagem você pode pegar climas frios e quentes por estar visitando outros países e cidades.

Você pode usar o app AccuWeather. para ver a previsão para os próximos dias e quanto marcou os termômetros em cada mês em anos anteriores.

 

6 – Leis e condutas

É importante entender leis culturais de cada país antes de viajar para não ter problema.

Por exemplo, na Tailândia não pode entrar com braço descoberto e mostrando o joelho nos templos.

 

 

Dicas para viagem internacional:

 

  • Sei que parece brega carregar uma pochete por aí, mas a doleira é fundamental em uma viagem internacional.

Ela fica escondida bem segura por dentro da calça e nela você guarda seus documentos, passaporte e dinheiro.

É um tecido de material fino com um elástico que você coloca na cintura (aqui no Rio encontrei por R$10). Não é legal deixar esse tipo de coisa no hotel, mesmo sendo seguro.

Guardar em uma bolsa também é um pouco problemático, pois pode ser que te roubem a bolsa com tudo dentro e a dor de cabeça vai acabar com sua viagem.

Se estiver em hostel carregue com você até no banheiro.

 

  • Carregue com você, de preferência na doleira. Telefones úteis e endereços importantes, como seu hotel, a embaixada do Brasil, consulado, hospital.

 

 

  • Cadeado de preferência TSA, mesmo que seja para mochila. É importante e te traz um pouco mais de segurança.

 

  • Programe-se com um certo tempo de antecedência, reveja a mala, pense o que você pode estar esquecendo ou levando demais.

Eu gosto de fazer a mala de acordo com meu roteiro, assim só levo o que realmente vou precisar.

 

  • Para viajar sem despachar mala – os itens em gel, creme e líquidos precisam estar em uma necessaire de 20cmx20cm transparente e em vidrinhos de 100ml totalizando no máximo 1 litro.

Se não for assim serão jogados fora. E os potinhos precisam ter escritos a quantidade que tem. Na prática não funciona certinho, mas barram os líquidos com mais de 100 ml.

 

  • Não esqueça de levar uma tomada universal e se tiver um power bank também é bom, só não esqueça de ver se a potência dele é permitida.

 

  • Ter o Google maps no celular é fundamental para encontrar os lugares marcados.

Às vezes é difícil perguntar para alguém a informação, ou até seguir o mapa da cidade, que ajuda muito, mas com o maps é certo de encontrar.

Você pode criar um mapa antes de viajar ou usar os prontos pelos blogs (nós temos também).

Dá uma olhada no post “aplicativos que não podem faltar na sua viagem”. O Blog Panorama de Viagem fez um post legal sobre aplicativos que ajudam a driblar o jet lag em viagens.

 

  • Transferir e armazenar as fotos tiradas durante a viagem é algo importante. Se você não tiver ou não quiser levar um laptop para descarregar as fotos, pode-se fazer de algumas formas:
  1. A primeira é levar vários cartões de memória e descarregar no HD quando chegar em casa.
  2. Outra opção é usar o computador do hotel (caso seja possível) e transferir para algum HD portátil.
  3. Outra opção é armazenar as fotos na nuvem, em algum serviço como o Dropbox ou outro similar.

 

  • Se a companhia aérea tiver um app, baixe no seu celular, depois de usar é só apagar. É mais rápido e prático para fazer cheking antecipado.

E algumas empresas possuem totens que, na maioria das vezes, quase não tem fila e é bem mais rápido para imprimir o bilhete de embarque.

 

  • Em voos que duram várias horas, evite roupas apertadas e sapatos desconfortáveis. Ficar sentado por muito tempo pode gerar inchaços no corpo, principalmente nas pernas.

O ideal é estar bem à vontade e confortável.

 

  • Leve sempre um casaco, um par de meias e (se não estiver de calça) uma legging levinha caso precise trocar para se manter aquecida durante o voo de várias horas no ar-condicionado.

 

  • Lembre-se que antes de embarcar é necessário passar pelo detector de metais, então para não perder tempo ali, evite usar joias, relógios, cintos e sapatos e roupas com estruturas metálicas.

Pode ser que fique um bom tempo tirando tudo e depois colocando de novo.

Alguns aeroportos pedem para tirar o sapato, então se for um de fácil encaixe no pé também facilita para não perder tempo, principalmente no caso de estar atrasado…

 

  • Se possível leve com você na bagagem de mão uma roupa extra. Caso aconteça extravio de bagagem, você não fica na mão.

 

  • Se quiser fazer compras, geralmente produtos que são feitos no país de origem são muito mais baratos.

Na Tailândia por exemplo: Red Bull, cosméticos de marcas tailandesas como o Beauty Buffet. Já no Vietnam: Coisas feitas com o couro de búfalo.

 

  • Leve uma caneta com você porque há papéis de imigração para preencher no voo.

 

  • Por experiência própria, se vir algo que queira comprar ou então quiser fazer algo, não deixe para depois, “outro dia”, “mais tarde”… porque na maioria das vezes você não vai ter a oportunidade novamente.

 

  • Existem centros especializados em medicina do viajante. Dependendo do lugar para onde vai é uma boa se consultar antes.

Eu fui no Cives e gostei muito do atendimento. Ela me deu orientações, dicas e encaminhamento para vacina de raiva, é uma vacina cara, mas com esse encaminhamento pode fazer no posto, com mais de um mês de antecedência.

 

  • O site Smart Destination tem vários cupons de descontos para museus e outras atividades em alguns países e na maioria dos Estados Unidos, sendo ótimo para viagem internacional.

 

  • Para números de emergência durante a viagem use o app Emergency Phone Numbers (iOS), que dá os números de emergência locais via GPS, ou busca manual se você estiver offline.

 

  • Tenha no celular o contato (telefone e endereço) da embaixada e do consulado. É fundamental saber a quem recorrer em caso caso de perda ou roubo de um documento importante.

 

  • Comunicação com o Brasil. Pelo plano Brasil Direto, a Embratel oferece a possibilidade de que cidadãos brasileiros possam ligar para um número telefônico no Brasil a partir de telefone público, fixo ou celular no exterior.

As ligações são pagas somente a partir do Brasil. Em caso de dúvidas, é possível contatar um telefonista da Embratel, que atende em português.

Para mais informações sobre países de abrangência e valores, consulte o portal da Embratel.

 

  • Temos dicas legais para quem quer viajar sozinha aqui.

 

Conclusão: 

Fazer uma viagem internacional sempre nos traz alegria e boas experiências e memórias.

Sem dúvida é algo marcante em nossas vidas, e por isso entender esse tipo de viagem faz toda a diferença no roteiro e preparação desse sonho.

 

Gostou das dicas para viagem internacional? Já viu nosso post sobre como economizar nas passagens aéreas?

 

Você tem alguma dica sobre planejamento de viagem internacional? Conta pra gente!


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

10 Comments

  1. Victoria 20 de maio de 2020

    Amei essas dicas de planejamento de viagem internacional ! Realmente está super completo e, se seguir todos os passos, tenho certeza que terão uma viagem inesquecível.

    Responder
    1. Ana Paula 21 de maio de 2020

      Que bommm!

  2. Luciana 20 de maio de 2020

    Excelentes dicas de Planejamento de viagem internacional. Sempre sigo muitos deles mas nunca tinha pensado em ter o telefone da Embaixada ou Consulado do país. Vou aderir nas próximas viagens. Muito obrigada por compartilhar

    Responder
    1. Ana Paula 21 de maio de 2020

      De nada!

  3. Murilo Pagani 20 de maio de 2020

    Show de bola estas dicas!
    Seguindo seu guia fica fácil fácil planejar uma viagem internacional sem esquecer de nada importante!

    Abraço!

    Responder
    1. Ana Paula 21 de maio de 2020

      Obrigada!

  4. Leo Vidal 22 de maio de 2020

    Confesso que mais do nunca agora teremos que saber como planejar uma viagem internacional, afinal as cotações de moedas estrangeiras estão nas alturas. Esse será meu principal motivo para escolher os destinos nesse futuro breve.

    Responder
    1. Ana Paula 23 de maio de 2020

      Verdade, as prioridades mudaram rs

  5. Fernanda Scafi 23 de maio de 2020

    Ótimo post para ajudar quem não está acostumado a organizar uma viagem internacional por conta própria! São muitos detalhes pra pensar e no meio de uma vida corrida, não é difícil esquecer de algo!

    Responder
    1. Ana Paula 26 de maio de 2020

      Verdade, se atentar a tudo faz diferença no planejamento.

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: