fbpx

Type to search

América do Sul Chile

Guia de viagem do Chile

Compartilhe

Dicas de turismo no Chile na América do Sul, um guia de viagem completo com todas as informações importantes para conhecer o país.

O Chile está situado a oeste da cordilheira dos Andes, e a sua capital é a cidade de Santiago.

Ele possui um território longilíneo, razão pela qual apresenta uma grande diversidade geográfica, marcada pela variação latitudinal.

No norte do país está localizado o deserto do Atacama, e também tem áreas no extremo sul do planeta.

O território é composto, ainda, pela ilha de Páscoa, localizada na Polinésia e uma parcela da Patagônia também.

Navegue pelo índice do nosso guia de viagem para o Chile para ir ao assunto que te interessa nessa página:

Veja um vídeo com o resumo da nossa viagem pelo Chile:

 

Guia de viagem para o chile. Viaje sabendo tudo sobre o Chile aqui: 

dicas chile tomada, chile voltage, chile fuso horário, chile moeda, chile idioma guia de viagem para o chile

Quando ir para o Chile:

Como mencionado antes, o país tem uma diversidade muito grande em seu território, então cada cidade tem um clima e uma época especifica que é melhor para conhecer.

Obviamente depende também muito do estilo de viagem que quer fazer.

Santiago está na região central do país e apresenta as quatro estações bem definidas.

Então se quiser aproveitar para conhecer o litoral como Valparaiso e Viña del Mar, o verão, de dezembro a março é o mais indicado.

E se quiser ver a neve, por exemplo no Valle Nevado, o inverno, de junho a agosto, é o ideal.

Já no Deserto do Atacama os meses mais interessantes são de setembro a dezembro e de março a junho.

E na Patagônia chilena o verão é alta temporada, entre os meses de novembro até o início de abril.

Na Ilha de Páscoa tente viajar nos meses mais secos do ano entre outubro e fevereiro.

Esses são os principais destinos de turismo no Chile.

Se você estiver de viagem internacional marcada, não esqueça de seu Seguro Viagem. Nunca se sabe quando pode precisar e é sempre bom se resguardar, ainda mais em se tratando de saúde em país estrangeiro. Faça uma cotação aqui e encontre o seguro viagem que melhor vai te atender no melhor custo-benefício para você e sua família.

Leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: ATEONDE5


Quantos dias ficar no Chile:

O Chile é um país que você pode visitar várias vezes, por causa da diferença do clima e de cada região.

Nós fizemos uma viagem passando por Santiago, Valparaíso, Vinã del Mar e o Atacama.

No Atacama recomendo 7 dias, se for fazer também o passeio do Salar de Uyuni coloque mais 3.

Em Santiago recomendo 4 dias e mais 1 para fazer o passeio até Cajón del Maipo.

E acrescente 1 dia para Valparaíso e 1 ou 2 para Vinã del Mar.

Nós ficamos no total uns 15 dias fazendo turismo no Chile.

Na Patagônia, pelo menos 7 dias, para conhecer Ushuaia, El Calafate, El Chaltén, Punta Arenas, Puerto Natales e Torres del Paine.

E na Ilha de Páscoa uns 3 dias.


Como chegar no Chile:

 

De avião:

O principal aeroporto do país é o de Santiago, o Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez (SCL).

Nós chegamos nesse aeroporto e depois pegamos um voo para Calama, para chegar do Deserto, em San Pedro do Atacama.

Para chegar na Ilha de Páscoa é a mesma coisa, aeroporto de Santiago e depois pegar um voo com a única empresa a voar para o destino, a LAN, com cerca de 8 voos semanais partindo de capital chilena.

Valparaíso, Valle Nevado, Viña del Mar e cidade próximas a Santiago, também tem como principal o aeroporto de Santiago.

E a melhor opção para a viagem pela Patagônia é fazer o trajeto até Santiago e de lá pegar um voo para Punta Arenas.

Nós voamos do Brasil de Latam em um voo tranquilo com refeição.

O aeroporto de Santiago é bem grande e você pode ver mais sobre ele no post de Santiago.

 

Pesquise as melhores promoções de passagens aéreas com a Passagens Promo.

Faça sua cotação

De carro:

Saindo do Brasil rumo ao Chile de carro, você vai passar pela Argentina.

A Carta Verde é o seguro obrigatório para circular na Argentina e no Uruguai.

O preço do Seguro Carta Verde varia conforme o tempo que o veículo ficará fora do país, e custa em média R$ 80 para 7 dias, R$ 130 até 15 dias e R$ 200 até 30 dias: R$ 198,58.

E o Soapex é exclusivo para rodar nas estradas chilenas e custa em torno de R$ 50.

Todos devem ser emitidos por um corretor de seguro e sem eles não pode dirigir nesses países.

Existem diversos pontos onde você pode fazer a viagem do Brasil para a Argentina e depois Chile.

A maioria fica no Rio Grande do Sul e no Paraná.

E a melhor rota é saindo de Foz do Iguaçu, passando pela fronteira da Argentina e indo pela Ruta 12 até Posadas.

Depois, seguir pela 14 até a cidade de Ceibas. Entrar em Zárate e seguir pela Ruta 9 para chegar em Buenos Aires.

Já para ir da Argentina até o Chile de carro, o modo mais fácil é pegar a estrada Carretera 7, que sai de Buenos Aires e cruza todo o país de leste a oeste.

E depois passar pelo Túnel Cristo Redentor, que faz a conexão entre os dois países.

A estrada no Chile passa a se chamar Ruta 60 e você andará cerca de 155 km pelas rotas 60 e 57 até Santiago.

Caso queira alugar um carro para fazer sua viagem, pode procurar no buscador da Rentcars. É um site de comparação de preços e locação de veículos com atendimento em todo mundo fornecido pelas principais locadoras de veículos do mercado.

Pesquise aqui

 

De ônibus:

É possível viajar do Brasil até o Chile de ônibus, e dura em torno de 3 dias a viagem.

Os ônibus saem dos principais terminais rodoviários de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis.

E te deixam no Terminal Sur, 4 Km do centro de Santiago.

Esse trajeto, pode ser feito pela empresa JBL Turismo, a passagem custa em torno de R$800.

 


Visto e entrada para no Chile na América do Sul:

 

​O Chile é um dos países que compõem a América do Sul, portanto os brasileiros não precisam de visto nem de passaporte para entrar no país e fazer turismo de até 90 dias no Chile.

O Brasil tem acordos com os países da América do Sul, pelo Mercosul.

Então para entrar no Chile você só precisa de RG válido, atualizado e em bom estado.

Mas leve com você um passaporte válido por pelo menos seis meses a partir da data de saída do país.

 


Internet no Chile:

Existem duas formas de você ter internet no Chile, a mais fácil é sair do Brasil já com um chip internacional.

O bom dessa opção é que você não precisa se estressar procurando os chips no Chile e já pode sair do aeroporto com a internet.

Nós indicamos Viaje Conectado que tem planos de internet e ligações para viagens internacionais e com o nosso cupom ATEIR20 você tem 20% de desconto.

Chip de internet

Ah! lembre-se que o seu aparelho precisa estar desbloqueado, ou seja, que você possa trocar o chip para qualquer operadora e liberado para uso fora do país.

Se você vai ficar mais de 120 dias no Chile é preciso homologar seu aparelho, em um sistema que avisa sobre ocorrências de alguma catástrofe.

Caso não fique por mais de 120 dias ou venha a contratar o roaming internacional não precisa desse cadastro.

Como homologar o seu aparelho:

Entre no site e clique em Registro de Empresas Certificadoras.

Selecione uma empresa, como essa aqui por exemplo, e faça o seu cadastro e siga as instruções.

Demora aproximadamente 2 dias.

A homologação é gratuita, e pode ser feita com qualquer uma das 12 certificadoras credenciadas pelo governo chileno.

Para comprar um chip pré-pago no Chile, existem alguma opções como:

Você pode comprar o chip no aeroporto, há várias lojas que vendem no no 3º andar, além do aeroporto há várias lojas pela cidade que vendem chips pré-pagos.

Eles custam uma média de CH$ 1.000 ou CH$ 2.000.

Você compra o chip na loja (leve o passaporte ou o RG e o seu certificado de homologação se for precisar) e carrega o plano de dados.

Como nós fomos para o Atacama direto não conseguimos comprar o chip ( está aí porque é bom já sair com um do Brasil), e ficamos sem.

Só compramos depois em Santiago em uma loja na rua.

Lembrando que não é porque você tem um chip da Claro no Brasil que ele vai funcionar no Chile, os chips das operadoras do Brasil quando usados precisa ser roaming.

Para ativar o chip chileno,  pode precisar do RUT que é o RG do Chile, mas geralmente os atendentes te ajudam com isso.

As instruções geralmente estão na embalagem do chip.


Língua do Chile:

No chile se fala castelhano chileno, um espanhol latino.

Mesmo que você não fale, é possível se comunicar e entender bem com um “portunhol”.

Há muitos brasileiros trabalhando e vivendo em Santiago e nos passeios a maioria são brasileiros.

 


Moeda do Chile: Peso Chileno (CLP)

A moeda do Chile é o Peso Chileno (CLP). Na cotação atual 1 real vale 146,30 pesos chilenos.

Nós trocamos dólares (era mais vantajoso) nas casas de câmbio de Santiago e de San Pedro do Atacama.

Fizemos uma conta simples de compra de mil reais em dólares e ficava mais em conta vender o dólar por peso do que vender os mil reais por peso.

Mas isso você precisa ver na época que for viajar.

Não é aconselhável trocar no aeroporto, apenas o suficiente para sair dele.

Em Santiago há casas de câmbio da avenida Pedro de Valdivia, em Providencia, ou na calle Agustinas entre Paseo Ahumada e calle Banderas, no Centro.

A melhor foi a JCM Cambios e a Cambios Santiago.

Veja mais sobre o assunto no post sobre a moeda do Chile

DICA: para que você seja isento do IVA de 19% as contas do hotel devem ser pagas em dólares, euro ou com cartão de crédito internacional.

Quando paga em pesos acrescenta os 19% ou seja, mesmo com o IOF (Imposto sobre operações financeiras), de 6,38%, vale mais a pena pagar no crédito porque você economiza 12,62%.

 


Transporte no Chile:

Em Santiago nós usamos o metrô, o ônibus e o Uber.

O Uber não é legalizado no Chile, mas funciona e é mais barato que um táxi.

Nós usamos o ônibus poucas vezes, usando o app da Moovit para saber onde pegar, qual pegar e onde descer.

Mas para pegar o ônibus também precisa ter a tarjeta BIP, que é a mesma utilizada no metrô.

Você também pode alugar um carro, mas não recomendo porque estacionar é complicado e caro, além do trânsito não ser muito bom.

Portanto a melhor opção, é o metrô de Santiago.

Veja detalhes do transporte em Santiago aqui.

Em Valparaíso e Viña del Mar, usamos muito o metrô e o ônibus, veja aqui as opções.

Em San Pedro, nós fazíamos tudo a pé e com as agências, mais detalhes aqui.

 


Comidas e bebidas típicas do Chile:

Nesse guia de viagem para o chile há algumas opções mais conhecidas de comidas e bebidas típicas.

Centolla

Uma espécie de caranguejo gigante, prato típico chileno.

Mote com Huesillo

Uma espécie de suco, bem doce, com grãos de trigo cozidos, parecidos com milho e pêssego natural inteiro.

Congrio Rosa

Peixe típico da costa do Chile.

Chacarero

O clássico sanduíche chileno com tudo dentro.

Empanada Chilena

A empanada é uma das comidas típicas mais populares do Chile.

Pastel de Choclo

Um bolo de milho salgado.

Lomo a lo Pobre

Filé de vaca, batatas fritas, ovo frito com a gema mole e cebola frita.

Completo (o Cachorro Quente Chileno)

Alguns tem abacate.

Porotos granados

Um ensopado chileno compostos principalmente de amora, amendoim e milho, além de cebolas e ervas.

Ceviche

Tem como base o peixe cru marinado em suco de limão

Carbonada

É feito com trufas de zapallo, milho, carne, e servido com batatas fritas.

Chupes

É um ensopado geralmente feito com frango, carne vermelha, tripas de cordeiro ou carne, peixes, camarões, lagostins ou moluscos.

cazuela

E um cozido ou ensopado de carne ou de peixe com hortaliças, que pode levar batata, arroz, massa ou algum tipo de farinha de milho.

E bebidas como o Vinho chileno e pisco sur.

​​


Dicas de viagem e turismo no Chile:

    • A água tem gosto e muito minerais compre a água Benedictino que tem um sabor muito parecido a do Brasil. Se não encontrar essa, compre a da Nestlé;
    • Lojas, shoppings e supermercados fecham às 21 horas;
    • Domingo e segunda fica tudo fechado em algumas cidades;
    • A chamada propina, gorjetas, é algo comum no Chile, leve com você algumas moedas;
    • Muitos restaurantes em Santiago precisam fazer reserva;
    • No Chile, de setembro a abril tem o mesmo horário do Brasil, com amanhece às 8h45 e anoitece às 21h30. De maio a agosto: uma hora mais cedo que no Brasil, amanhecendo às 6h30 e anoitecendo às 18h00;
    • Santiago tem um clima bastante seco e o ar é muito poluído e no Atacama também é bastante seco, leve protetor labial;


Compras no Chile:

O que mais compramos no Chile foram roupas, e principalmente em Santiago.

Há muitas magazines que vendem roupas e sempre tem promoção, fomos na FalabellaRipley e Paris.

Também compramos algumas coisas em supermercados como vinhos, azeites ( os azeites chilenos são considerados uns dos melhores do mundo) e temperos como o merkén, que é uma pimenta chilena.

Também comprei alguns produtos de cabelo e maquiagem que eram mais baratos que no Brasil.

E um pingente de Lápis-lazúli, pedra semipreciosa muito usada na confecção de joias.

Você também pode comprar peças em cobre, pois o Chile é o maior produtor de cobre no mundo.

E os perfumes também costumam ser mais baratos.

Veja também esse vídeo de compras no Chile:

 

.


Cidades para conhecer no Chile – Turismo no Chile:

 

Quando fizemos turismo no Chile, nós fomos para os destinos mais visitados do país Santiago, Cajón del Maipo, Valparaíso, Viña del mar e San Pedro do Atacama.

Além dessas existem outras cidades para conhecer no Chile como: Puerto Varas, Pucón, Punta Arenas, Ilha de Páscoa, Arica, Valle Nevado, Torres del Paine, San Alfonso del Mar, Capelas de Mármore, Puerto Montt e Pichilemu.

Mapa de Chile guia de viagem

Mapa de Chile

 

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Veja opções de turismo no Chile aqui.

Santiago

Conclusão:

Você viu nesse guia de viagem e turismo para o Chile que se trata de um país incrível, com muitos destinos diferentes que agrada qualquer tipo de viajante.

Com poucos dias é possível conhecer várias cidades que são de fácil acesso partindo da capital.

Sem dúvida é uma viagem muito completa e rica.

 

Se você gosta das nossas dicas segue a gente lá no Instagram @ateondeeupuderir para acompanhar nossas viagens e dicas em tempo real!


Confira nosso guia de viagem mais detalhado do Chile, você pode clicar aqui. Ou selecionar o assunto que mais te interessa:

 

Veja também Roteiro Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai


Além desses você pode gostar de grupos de viagem de WhatsApp e dicas Guia de Viagem do Paraguai

Gostou desse guia de turismo no Chile? Deixe seu comentário e nos ajude com as informações e atualizações! Assim ajudamos nossa comunidade.


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

20 Comments

  1. Adriana Magalhães (@amamelo) 5 de janeiro de 2023

    O Chile realmente é um país incrível e cada lugar mais interessante que o outro. Muito boas as dicas!

    Responder
    1. Ana Paula 12 de janeiro de 2023

      Obrigada!

  2. Gabi Torrezani 5 de janeiro de 2023

    Uau, que guia super completo do Chile! Adorei! Quero voltar ao país para visitar a Patagônia chilena…

    Responder
    1. Ana Paula 12 de janeiro de 2023

      Também gostaria de conhecer a Patagônia ^^

  3. Carol Miranda 9 de janeiro de 2023

    Que máximo esse guia! Completo e com todas as informações necessárias para uma viagem para o Chile. Valeu

    Responder
    1. Ana Paula 12 de janeiro de 2023

      Que bom que gostou!

  4. Cintia Grininger 10 de janeiro de 2023

    Que guia excelente do Chile! Queria ter todas essas informações há anos atrás, quando visitei o país e caí em várias ciladas simplesmente por não saber… que bom que hoje há tanta gente boa disseminando informação de qualidade!

    Responder
    1. Ana Paula 12 de janeiro de 2023

      Poxa que chato, pois é… espero que ajude!

  5. Maria C 10 de janeiro de 2023

    Como eu amo o Chile! Seu guia está imbatível! E quanto mais vamos mas aparece lugares incríveis para visitar! Já deixei salvo aqui! Beijos!

    Responder
    1. Ana Paula 12 de janeiro de 2023

      hahahha verdade

  6. Izabela 13 de janeiro de 2023

    Literalmente um guia completo sobre o Chile, valioso até para quem já esteve por lá a muito tempo atrás como eu. Amei 😍

    Responder
    1. Ana Paula 16 de janeiro de 2023

      Que bom que gostou!

  7. Marcel 14 de janeiro de 2023

    Quanto mais eu leio sobre o Chile, mais fico ansiosa pela minha viagem. Tô adorando seu blog, muitas dicas boas. Obrigada por compartilhar

    Responder
    1. Ana Paula 16 de janeiro de 2023

      De nada, faça uma ótima viagem!

  8. Luciana Freitas 16 de janeiro de 2023

    Maravilhoso o seu guia de viagem para o Chile!!! Simplesmente tem tudo, não tem erro se seguir as suas dicas. Estou louca para voltar e poder visitar o Atacama 🙂

    Responder
    1. Ana Paula 16 de janeiro de 2023

      O Atacama é uma viagem incrível, vai amar!

  9. Suriàn 16 de janeiro de 2023

    Que top esse teu guia de viagem ao Chile. Adorei todas as dicas e ele está super completo. Muito obrigada por compartilhar

    Responder
    1. Ana Paula 23 de janeiro de 2023

      Que bom que gostou!

  10. Márcia 17 de janeiro de 2023

    Estive no Chile e conheci a maior parte dos destinos sugeridos, mas preferi conhecer em viagens diferentes, setorizado por região, afinal é um país ‘longo’. Parabéns pelas organização do post.

    Responder
    1. Ana Paula 23 de janeiro de 2023

      Verdade, é o que a gente pretende fazer também rs

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: