fbpx

Type to search

O que fazer no RJ Trilhas, Mirantes e praias

Cachoeira do Horto no Rio de Janeiro

Compartilhe

Vamos falar da cachoeira do Horto no Rio de Janeiro. Você sabia que além de praias lindas, também há muitas cachoeiras no Rio de Janeiro?

As cachoeiras deste post fazem parte do Parque Nacional da Tijuca, que fica dentro da Floresta da Tijuca. É preciso fazer uma trilha para a Cachoeira do Horto.

Para ter acesso a essa cachoeira, você vai subir uma estrada que é uma ladeira.

Se for de ônibus vai andar mais e se for de carro ele pode te deixar na entrada da trilha para a Cachoeira do Horto. tem uma placa sinalizando e caso queira ir de carro tem como estacionar chegando cedo (eu disse cedo!).

Ladeira que sobe para chegar na trilha da cachoeira.

Ladeira que sobe para chegar na trilha da cachoeira.

Placa que sinaliza a cachoeira.

Placa que sinaliza a cachoeira.

 

OBS: Na entrada do Parque da Tijuca tem uma placa que diz que carro não pode entrar, mas pode ir sem problemas.

Entrada do Parque Nacional da Tijuca RJ

Entrada do Parque Nacional da Tijuca.

 

Trilha para a Cachoeira do Horto no Rio de Janeiro

Se você andar um pouco para a esquerda antes da trilha encontrará a primeira cachoeira.

A cachoeira do Quebra, que tem uma pequena queda d’água no canto e forma uma piscina rasa ideal para crianças e para quem não consegue fazer a trilha. Como não é funda, não dá para mergulhar muito.

Pena que muita gente faz oferendas ali, sujando o local.

 

Cachoeira do Quebra é a primeira cachoeira do Horto uma das cachoeiras no Rio de Janeiro

“Cachoeira do Quebra” é a primeira cachoeira do Horto.

Você precisa fazer trilha para a cachoeira do chuveiro, que é a segunda cachoeira.

No dia em que fomos estava escorregadio, pois havia chovido alguns dias antes e demora para secar. Portanto use tênis ou chinelo com boa aderência.

Tem uma pedra logo no início que faz muita gente desistir, pois é íngreme e chatinha para subir, mas dá tranquilo, principalmente se tiver ajuda.

A trilha em si é bem fácil com escadas naturais de raízes e com a maior parte do caminho bem delimitado e aberto.

Primeiro desafio da trilha, pedra íngreme. cachoeira do Horto RJ

Primeiro “desafio” da trilha: pedra íngreme.

Trilha da Cachoeira do Horto no Rio de Janeiro.

Trilha da Cachoeira do Horto.

 

Um pouco mais para frente há uma pedra com uma corrente que te ajuda a passar por ela. Aparenta ser mais difícil do que realmente é. 😉

 

Pedra que tem uma corrente que ajuda na hora de passar na trilha da Cachoeira

Pedra que tem uma corrente que ajuda na hora de passar.

 

E depois, a parte “mais difícil” é uma parede um pouco alta feita pelas raízes de uma árvore e pedras, que você precisa escalar com cuidado.

 

Parte mais chatinha da subida da Trilha para a cachoeira do Horto é essa parede de raízes e pedras.

A parte mais chatinha da subida da Trilha é essa parede de raízes e pedras.

 

Depois dessa parte, em 2 minutinhos você chega na cachoeira mais bonita. Ao todo são uns 15 min de trilha.

Nós fomos no final de dezembro e estava caindo bastante água pela queda de 5 metros e dava para mergulhar. Não estranhe a quantidade de folhas no fundo, são só folhas. rs

 

Espaço onde fica a cachoeira do Chuveiro.

Espaço onde fica a cachoeira do Chuveiro.

Cachoeira do Horto atrações do Rio de Janeiro no verão

Cachoeira do Chuveiro no Horto.

 

Dá para se banhar na queda e se bater o sol ainda se vê um arco-íris. A água é bem geladinha, mas com o tempo você se acostuma. Eu indico levar uma toalha.

O sol bate por ali por volta das 10:30h, mas é aconselhável chegar bem cedinho, tipo umas 07:00h para pegar a cachoeira vazia, pois vai enchendo rápido e o espaço não é grande.

 

Banho na Cachoeira do Chuveiro no Horto

Banho na Cachoeira do Chuveiro.

Banho de cachoeira no Horto no Rio de Janeiro

Banho de cachoeira no Horto.

 

Do lado esquerdo da cachoeira tem uma subida bem íngreme, escorregadia e mais difícil que leva ao início da queda d’água da segunda cachoeira.

E andando para o fundo seguindo o córrego com várias pedras menores pelo caminho existem outras quedas d’água menores e que geralmente ficam vazias.

 

Cachoeira do Chuveiro no Horto Rio de Janeiro

Meu amigo fez essa trilha do lado, olha onde ela dá.

Essa é uma das quedas menores de água que tem na terceira cachoeira do horto

Essa é uma das quedas menores de água que tem na terceira cachoeira.

 

 

Algumas dicas para fazer a trilha da Cachoeira do Horto

  • Não vá sozinho
  • Leve água e repelente
  • Leve seu lixo com você
  • Não é permitida a entrada de animais
  • Leve uma toalha
  • Na subida da ladeira há vários ciclistas. Ande sempre no cantinho da pista, pois também há muitas curvas e precisa ter cuidado com os carros.
  • Nessa ladeira há macaquinhos bem grandes rs
  • Na entrada da trilha para a Cachoeira do Horto a operadora de celular Tim não pega, na cachoeira pega.
  • Não considero o caminho para a Cachoeira do Horto perigoso, mas acho mais prudente ir nos fins de semana, pois sempre tem gente.

 

Como chegar na Cachoeira do Horto:

De metrô: Descer na estação Botafogo e pegar o ônibus 409 na Rua São Clemente. Descer no ponto final dele e subir a pé.

De carro: Se for de Uber coloque no endereço: Estr. Dona Castorina nº 120 ( é o último da rua) depois dela é só pedir para o motorista continuar subindo a floresta até você avistar a placa da cachoeira do lado direito

De ônibus: Pegar a linha 410, descer no ponto final dele e subir a pé.

 

Cachoeira do Horto RJ

Estr. Dona Castorina – Alto da Boa Vista,

Horário: 24hrs

🐶 Não é permitida a entrada de animais – Veja nosso post com dicas de viajar com cachorro aqui.

Tem 2 vagas para carro na frente da trilha, mas teoricamente pode deixar o carro na rua em cima da “calçada”

 

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Conheça as atrações do Rio de Janeiro aqui.

Rio de Janeiro

 

E aí, gostou da dica cachoeira do Horto no Rio de Janeiro? Que tal dar uma esticadinha na Vista Chinesa ou no lindo Jardim Botânico, que fica bem pertinho, ou então dar um pulo no Mirante Dona Marta.

Temos outras dicas de trilhas aqui no blog, como a do Corcovado , a da Pedra Bonita e uma vista linda do Mirante do Pasmado aqui  ou do Parque dois irmãos no Leblon aqui.

Ah! e não esqueça que temos roteiros de viagem com trilha como Trindade e Paraty no Brasil e como o de Machu Picchu no Peru.

 

Aproveitando o tema que tem super a ver com o verão no Rio esse post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo #RIOunico que tem como tema o verão no Rio de Janeiro, nossa cidade.

Além deste blog tem muitos outros com posts interessantes que são de blogueiros cariocas, como nós.

Então vou listar o que fazer no Rio de Janeiro no verão com links desses blogs, assim você tem várias opções de lazer na cidade e turismo no Rio de Janeiro com pontos de vista diferentes 😉

Outras atrações do Rio de Janeiro 

Diário de Uma Viajante – Rio de Janeiro: Do Leme ao Pontal

Nathália Tosto – Hotéis com vista linda para você conhecer no Rio

Chicas Lokas – 7 razões para ir a Copacabana 

Receitinhas e Viagens – Dicas de segurança na praia 

Let’s Fly Away – 5 dicas de o que fazer no verão no Rio de Janeiro

Fui ser Viajante –  Praias do Rio de Janeiro: aproveite o verão na cidade! 

 

Deixe um comentário e nos ajude a trazer conteúdos legais para você.

 

Gostou das dicas? Que tal receber mais 🙂

 


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

12 Comments

  1. Lulu Freitas 10 de janeiro de 2019

    Excelente post super completo!!! Acho que eu ia ficar com medo daquela pedra com corrente… rsrs O Rio é maravilhoso por isso, tantas opções de passeio legais e acessíveis. Fazer essa trilha e tomar banho de cachoeira gastando bem pouquinho. Demais!

    Responder
    1. Ana Paula 10 de janeiro de 2019

      hahahhaha não precisa ter medo não, até a mãe de uma amiga foi rs

  2. Klécia Cassemiro 11 de janeiro de 2019

    O Rio é mesmo um lugar incrível né? Amo a natureza, amo as cachoeiras do Parque da Tijuca, amo as praias e amo mais ainda ter tantas opções pra curtir a cidade!

    Responder
    1. Ana Paula 21 de janeiro de 2019

      É maravilhoso mesmo né!

  3. Denise Barreto 11 de janeiro de 2019

    Eu ainda não conheço essa cachoeira. Me parece que ir até lá é uma mini-aventura rs
    Adorei seu post! Tem ótimas dicas! Vou até lá e depois conto como foi! Abraços!

    Responder
    1. Ana Paula 15 de janeiro de 2019

      É mesmo, rs que bom que gostou!

  4. Diario de uma Viajante 14 de janeiro de 2019

    Está aí um dos poucos lugares que ainda não conheço no Rio. Essa cachoeira está na minha lista e eu tô doida pra marcar como concluído.

    Responder
    1. Ana Paula 15 de janeiro de 2019

      Você vai adorar esse passeio, é muito refrescante rs e bem diferente

  5. Ana Lucia 21 de janeiro de 2019

    Oi, Ana! A descida é pelo mesmo caminho? Minha impressão foi de que subir, dá tranquilo, mas como desce nessa parede e na parte da corrente?

    Responder
    1. Ana Paula 21 de janeiro de 2019

      Oi Ana, é sim pelo mesmo caminho! é que subir geralmente é mais tranquilo do que descer rs…na parte da corrente você faz basicamente a mesa coisa quando está indo para a cachoeira, e na parte da pedra que fica no inicio, você vai se segurando, mas geralemnte tem pessoas no caminho que ajudam. O importante e não usar tênis que escorregue.

  6. Gabriela Farias 27 de dezembro de 2019

    Ela já está aberta?

    Responder
    1. Ana Paula 27 de dezembro de 2019

      Olá, perguntei para um amigo que foi lá recentemente e ele disse que o acesso está fechado por causa do deslizamento que teve. Mas as vezes algumas pessoas vão mesmo assim, porém está mais perigoso.

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: