fbpx

Type to search

O que fazer no RJ Trilhas, Mirantes e praias

As Praias do Rio de Janeiro

Compartilhe

Veja a lista das principais e mais conhecidas praias do Rio de Janeiro no RJ. Conheça as praias mais bonitas e as praias mais seguras do Rio.

Monte seu roteiro pela cidade carioca e inclua as praias mais famosas e procuradas pelos turistas e moradores do Rio de Janeiro.

Todo mundo sabe que as praias da cidade do Rio de Janeiro são muito famosas.

E por isso criei uma lista com todas as praias que você pode conhecer quando estiver pelo Rio.

O que não falta é atividades para fazer na cidade. E se quiser conhecer mais atrações no Rio de Janeiro confira nossas dicas do RJ aqui.

Também temos um post com dicas do Rio de Janeiro no Verão

Navegue pelo índice do post para ir ao assunto que te interessa nessa página:

 

 

Lista das Praias do Rio de Janeiro – Zona sul

 

Praia do Flamengo:

A praia do Flamengo, fica no bairro do Flamengo, e é uma praia grande com boa extensão de areia.

O mar é muito calmo, mas ela é imprópria para banho já faz anos, mesmo assim algumas pessoas entram, mas eu não aconselho.

Na orla da praia você pode caminhar e tomar uma água de coco, ou descansar nas sombras das palmeiras.

O bom é que ela fica  no Aterro do Flamengo, e no domingo o aterro fecha para os carros, então muita gente vai lá para patinar, andar de bicicleta, alugar carrinhos para andar com a família e os pets e fazer piqueniques.

É uma área verde muito grande e com pista de ciclismo, um lugar muito gostoso para passear.

 

Praia do Flamengo. Praias do Rio de Janeiro

Praia do Flamengo.

Praia do Flamengo. Praias do Rio de Janeiro

Praia do Flamengo.

 

Como chegar na Praia do Flamengo:

A melhor maneira é pegando o metrô e andar em direção a praia. As estações que dão para ir a praia são: Largo do Machado, Catete e Glória.

Confira nosso post sobre passeio de barco pela Baía de Guanabara aqui e o Palácio Guanabara aqui.

 


 

Praia de Botafogo:

A praia de Botafogo fica no bairro de Botafogo. Ela é menor, também tem a água muito tranquila e imprópria para banho há muitos anos.

Acho que se você se molhar nasce um olho em alguma parte do seu corpo hahahha no mínimo uma pereba braba você pega.

Sua extensão de areia é grande por isso as pessoas praticam esporte na areia, há escolinhas de futebol, de vôlei etc.

Há uma ciclovia em frente o que faz muita gente passar por ali de bicicleta e andar até o Flamengo, é um passeio gostoso de se fazer.

E sim, a vista da praia é muito bonita.

 

praia de Botafogo Praias do Rio

Praia de Botafogo por Jose Campos

Como chegar na Praia de Botafogo

A melhor maneira é pegando o metrô e andar em direção a praia. A estação é a de Botafogo.

 

Confira esse post sobre o Mirante do Pasmado, onde se tem uma vista bem bonita para essa praia aqui.

 


 

Praia Vermelha:

A Praia Vermelha fica no bairro da Urca, é uma praia pequena, de areia grossa e normalmente frequentada por famílias.

Ela fica em frente ao batalhão do exército e do lado do morro do Pão de açúcar.

Por isso muitas pessoas fazem ensaios fotográficos por ali.

A praia é bonita e a água é calma e as vezes um pouco agitada.

No lado esquerdo dela se subir pelas pedras há uma formação rochosa que faz uma piscina natural.

 

Praia Vermelha. .Praias do Rio de Janeiro

Praia Vermelha.

Praia Vermelha. .Praias do Rio de Janeiro

Praia Vermelha.

 

Como chegar na Praia Vermelha:

A melhor maneira é pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro.

Veja também os posts sobre o bairro da Urca aqui e sobre o Bondinho Pão de Açúcar aqui.

 


 

Praia da Urca:

Também no bairro da Urca a praia da Urca é muito pequena e quase escondida. Infelizmente na maioria das vezes está imprópria para banho.

Tem a extensão de areia pequena e a água muito calma.

Você pode passear pela rua observado a paisagem que é muito bonita e descansar na mureta.

 

Praia da Urca.

Praia da Urca.

Como chegar na Praia da Urca:

A melhor maneira é pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro.

Veja também os posts da Urca sobre a Sardinha na Mureta aqui e café da manhã no Hotelinho aqui.

 


 

Praia do Leme:

Fica no bairro do Leme que é na ponta de Copacabana. No fim dela há o caminho dos pescadores onde você pode ter uma vista bonita da praia.

Ela é a continuação de Copacabana, porém alguns trechos são mais vazios e há pedras no canto esquerdo.

A praia é grande, tem uma boa extensão de areia e o mar é um pouco agitado.

Há quiosques na orla e você pode passear por ela, tomar uma água de coco ou andar de bicicleta.

 

Praia do Leme.

Praia do Leme.

Praia do Leme.

 

Como chegar na Praia do Leme:

A melhor maneira é pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro.

Confira nosso post sobre o Forte do Leme aqui.

 


 

Praia de Copacabana:

Podemos considerar a praia de Copacabana a praia mais famosa do Rio.

Afinal é onde acontece a mágica dos fogos na virada do ano. Também é onde fica o famoso hotel Copacabana Palace.

A praia é grande, tem uma boa extensão de areia e o mar é um pouco agitado.

Há quiosques na orla e você pode passear por ela, tomar uma água de coco ou andar de bicicleta.

Ou praticar algum esporte na areia como futevôlei e vôlei.

Nos finais de semana, principalmente no verão a praia fica bem lotada.

 

Praia de Copacabana.

Praia de Copacabana.

Praia de Copacabana.

Praia de Copacabana.

 

Como chegar na Praia de Copacabana:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação Arco Verde, deixa na altura do Copacabana Palace.

Ou pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

Confira esse post sobre o Forte de Copacabana aqui.

 


 

Praia do Arpoador:

A praia do Arpoador localiza-se entre a praia de Copacabana e a praia de Ipanema.

É muito conhecida por ter uma pedra no canto esquerdo bem grande que dá para subir e assistir ao pôr-do-sol, que virou um ponto turístico da cidade.

A vista é muito linda e por isso o local vive lotado de apreciadores.

De um lado, você vê as praias de Ipanema e do Leblon com o Morro Dois Irmãos ao fundo e do outro, as praias do Diabo e Copacabana

Além da vista é uma praia bem gostosa e o mar as vezes está calmo as vezes não, mas está sempre atraindo os surfistas é é muito movimentada.

Tem uma paisagem linda e no verão a água chega a ficar cristalina.

Nos finais de semana, principalmente no verão a praia fica bem lotada.

 

Praia do Arpoador.

Praia do Arpoador.

Praia do Arpoador.

Praia do Arpoador.

 

Como chegar na Praia do Arpoador:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação General Osório e caminhar até o local.

Ou pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

Se quiser saber como chegar e mais detalhes pode conferir nesse post.

 


 

Praia do Diabo:

A praia do Diabo fica do lado da pedra do arpoador.

É Uma praia com boa extensão de areia e o mar muito agitado, que as vezes puxa para as pedras.

É considerada uma praia perigosa para o banho e é permitido levar cachorro.

A maioria das pessoas vão nela para jogar bola ou outro esporte.

 

Praia do Diabo.

Praia do Diabo.

 

Como chegar na Praia do Diabo:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação General Osório e caminhar até o local.

Ou pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

Se quiser saber como chegar e mais detalhes pode conferir nesse post.

 


 

Praia de Ipanema:

Uma das queridinhas dos cariocas a praia de Ipanema seria uma continuação da praia do Leblon, muda o nome quando muda a altura dela pelo bairro.

Sendo que a praia de Ipanema tem uma extensão de areia maior.

O mar tem vezes que está tranquilo e outras mais agitado.

Há quiosques pela orla e barracas que alugam cadeiras e guarda-sol, além de vender bebidas.

Nessas duas praias você vai ter uma paisagem linda da pedra do Arpoador, a praia do Leblon, o morro Dois Irmãos, o Corcovado e as ilhas Cagarras, que ficam bem de frente para a praia.

Nos finais de semana, principalmente no verão a praia fica bem lotada.

 

Praia de Ipanema.

Praia de Ipanema.

Praia de Ipanema.Praias do Rio de Janeiro

Praia de Ipanema.

 

Como chegar na Praia de Ipanema:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação General Osório. Caminhar uma quadra até a praia.

Ou pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

 


 

Praia do Leblon:

Continuação da Praia de Ipanema, com uma extensão de areia menor e areia branquinha e fina. Costuma ser menos movimentada que as outras praias.

As praias do Leme, Copacabana, Arpoador e Leblon tem em sua orla quiosques de restaurantes vendendo refeições, lanches, bebidas e água de coco.

É possível andar de bicicleta desde o Leme até o Leblon.

É um passeio bem gostoso, e nos fins de semana eles fecham uma pista para os pedestres andarem de patins, skate, caminhar…

Em todas elas também há serviço de aluguel de cadeiras e guarda-sol.

 

Praia do Leblon. Praias do Rio de Janeiro

Praia do Leblon vista do Mirante do Leblon.

 

 

Como chegar na Praia do Leblon:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação Antero de Quental. E caminhar até a praia.

Ou pegando um ônibus, que você pode consultar no app da Moovit, ou ir de carro. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

Confira esse post sobre as atrações do Bairro do Leblon aqui

 


 

Praia do Vidigal:

A praia do Vidigal é pouco conhecida e frequentada, o que a torna uma praia mais exclusiva e tranquila.

Ela fica perto do Morro do Vidigal e é uma ótima pedida para quem vem da trilha dos dois Irmãos ou do parque de mesmo nome.

A praia é pequena, tem uma extensão de areia curta e algumas pedras na areia e no mar.

Ela também é uma praia de tombo e com o mar um pouco agitado.

Não é muito estruturada como as outras, só vi uma barraquinha vendendo canga quando eu fui.

 

Praia do Vidigal.

Praia do Vidigal.

 

Como chegar na Praia do Vidigal:

A melhor maneira é pegando o metrô e descer na estação Antero de Quental. e caminhar até a praia do Leblon.

Subir a AV. Niemeyer a pé ou pegar um Uber, A escada que dá acesso a essa praia fica perto do Hotel Sheraton. Se for de carro estacionar pode ser complicado.

Se quiser saber como chegar e mais detalhes pode conferir nesse post.

 

 

Lista das Praias do Rio de Janeiro – Zona Oeste

 

Praia da Joatinga:

A Praia da Joatinga está localizada no Joá entre São Conrado e Barra da Tijuca.

Embora ela esteja dentro de um condomínio, nenhuma propriedade privada pode fechar uma praia, então qualquer pessoa pode entrar no condomínio e ir até a praia.

É uma praia super exclusiva e pouco conhecida pelos cariocas.

Ela tem poucos metros de extensão, e uma pequena faixa de areia, que na maré alta cobre ela inteira, e não é possível “ver” a praia, por isso é importante conferir a tábua da maré.

Por isso outro ponto importante é se você quiser pegar sol precisa ir de manhã até mais ou menos 13,14h da tarde.

Depois disso esse costão rochoso que cerca a praia começa a fazer sombra em toda a faixa de areia.

 

Vista para a Praia da Joatinga do Mirante.

Precisa passar por essas pedras para chegar na areia.

 

Como chegar na Praia da Joatinga:

De ônibus as linhas 557 e 332 passam na frente do condomínio na Pascoal Segreto. Ou usar o app da Moovit.

Depois vai andar dentro do condomínio até a praia por uns 10min. De metrô descer na estação Jardim Oceânico e pegar um Uber para subir.

Confira esse post sobre a praia da Joatinga e o Mirante do Joá aqui

 


 

Praia de São Conrado:

Ela fica no bairro de São Conrado, perto da Rocinha e antes da Barra.

Com vista para as pedras da Gávea e Bonita, é lá que os voos de parapente e asa-delta descem depois dos voos.

Costuma ter ondas o que chama atenção dos surfistas, mas infelizmente, costuma estar imprópria para o banho devido à poluição.

Seria mais uma praia para contemplação.

 

Como chegar na Praia de São Conrado:

O ideal é chegar de ônibus, você pode ver no app da Moovit a melhor opção saindo da sua localização.

Através da Avenida Niemeyer e fica perto do Morro Dois Irmãos e das Pedras da Gávea e Bonita.

Confira esse post sobre a Pedra Bonita aqui

 


 

Praia da Barra:

A praia da Barra é uma das minhas preferidas. Ela não é tão cheia quanto as da zona sul e é tão boa quanto.

Acho o mar de lá mais limpo também. O mar é mexido, alguns dias menos outros mais.

Como todas as outras, há estrutura de barracas que alugam cadeiras e guarda-sol além de vender bebidas.

Nós costumamos ficar entre o posto 3 e o posto 4, porque tem uma barraca que vende um pastel delicioso de massa caseira mega recheado.

O pastel do Sorriso ou Gilvan. Chega a formar fila e acaba rapidinho.

 

Praia da Barra.

Praia da Barra.

Praia da Barra.

Praia da Barra.

 

Como chegar na Praia da Barra:

Você pode chegar pegando o metrô e descer na Jardim Oceânico e de lá pegar um Uber até a praia, se for a pé vai demorar um pouco.

De carro é bem tranquilo, o problema é conseguir vaga, por isso chegue cedo.E se for de ônibus consulte a melhor opção no app da Moovit.

 


 

Praia da Reserva:

Apraia da Reserva é a continuação da praia da Barra, a diferença é que ela fica situada ao longo da Reserva de Marapendi, uma área de proteção ambiental destinada à preservação da vegetação de restinga  e de manguezal.

Por isso ela tem vegetação no fim da areia perto da calçada e também depois da pista em alguns trechos.

A praia da Reserva é pouco frequentada e tem menos quiosques e barracas que as suas vizinhas.

 

Praia da Reserva. Praias do Rio de Janeiro

Praia da Reserva.

Praia da Reserva.

 

Como chegar na Praia da Reserva:

Você pode chegar pegando o metrô e descer na Jardim Oceânico e de lá pegar o BRT para descer na estação Terminal Alavorada e depois um Uber até a praia, se for a pé vai demorar um pouco.

De carro é bem tranquilo, basta seguir a AV. Lúcio Costa, o problema é conseguir vaga, por isso chegue cedo. E se for de ônibus consulte a melhor opção no app da Moovit.

 


 

Praia do Recreio:

A praia do Recreio é a continuação da praia da Barra e da Reserva.

Também possui areia branquinha e uma boa extensão de areia. Nós achamos os preços dos ambulantes mais em conta nessa praia.

Como todas as outras, há estrutura de barracas que alugam cadeiras e guarda-sol além de vender bebidas.

Só que achamos o clima dessa região mais gostoso, talvez por ser mais afastado, é bem diferente da zona sul da cidade. Dela você tem vista para a pedra do Pontal.

 

Praia do Recreio. Praias do Rio de Janeiro

Praia do Recreio.

Praia do Recreio. Praias do Rio de Janeiro

Praia do Recreio

 

Como chegar na Praia do Recreio:

Você pode chegar pegando o metrô e descer na Jardim Oceânico e de lá pegar o BRT para descer na estação Gika Machado, Benvindo de Novais e Gláucio Gil ficam mais perto. Depois um Uber até a praia, se for a pé vai demorar um pouco.

De carro é bem tranquilo, basta seguir a AV. Lúcio Costa, o problema é conseguir vaga, por isso chegue cedo. E se for de ônibus consulte a melhor opção no app da Moovit.

Confira esse post sobre a praia do Recreio e a pedra do Pontal aqui

 


 

Praia da Macumba:

A praia da Macumba fica logo depois da Pedra do Pontal, no final do Recreio.  Só que mais vazia um pouco.

A praia da Macumba é dividida em duas partes, a primeira é a que você consegue chegar andando pela praia do Recreio. É onde as pessoas ficam com suas barracas.

Mas tem uma pedra que divide a praia da Macumba, e é só subir que em 2 min você está em uma praia deserta… quase não tem ninguém, até porque não tem estrutura de barracas.

A outra dica boa é andar pela orla das praias, a que fica em frente a praia da Macumba tem uns quiosques que vendem açaí geladinho e você pode sentar admirando a praia.

 

Praia da Macumba. Praias do Rio de Janeiro

Praia da Macumba

Praia da Macumba. Praias do Rio de Janeiro

Praia da Macumba vista de cima da pedra.

 

 

Como chegar na Praia da Macumba:

Você pode chegar pegando o metrô e descer na Jardim Oceânico e de lá pegar o BRT para descer nas estações que citei da Praia do Recreio ou Transoeste – Guiomar Novaes ou Recreio Shopping que fica um pouco mais perto. Depois um Uber até a praia, se for a pé vai demorar um pouco.

De carro é bem tranquilo, basta seguir a AV. Lúcio Costa, o problema é conseguir vaga, por isso chegue cedo. E se for de ônibus consulte a melhor opção no app da Moovit.

Confira esse post sobre a praia do Recreio e a pedra do Pontal aqui

 


 

Praia e Piscininha do Secreto:

A Praia do Secreto é o final da praia da Macumba. Mas ali só ficam pescadores, pois tem um canal e muitas pedras.

As pessoas costumam falar que vão na praia do Secreto quando na verdade estão indo para a Piscininha do Secreto.

Que é uma área de pedras que ficam no mar e formam mesmo uma piscina maravilhosa de águas claras na maré baixa.

Porém para entrar nessa piscina precisa descer pela pedra que tem uns 15 metros.

É um dos lugares mais bonitos do Rio.

 

Praia do Secreto

Piscininha do Secreto.

 

Como chegar na Praia e Piscininha do Secreto:

Para chegar na praia do Secreto basta seguir as instruções da Praia da Macumba (que citei anteriormente) e ir a pé, pois ela fica no finam da Praia da Macumba.

Para ir até a piscininha siga essas instruções:

Carro: Se puder ir dessa forma, eu recomendo muito, já que basta você estacionar no Mirante da Prainha e andar um pouco até a entrada da trilha, que na verdade é um caminho até a pedra.

Basta seguir a orla da Barra da Tijuca até chegar na avenida Estado da Guanabara, existe limite de entrada de carros, então procure ir cedo aos finais de semana, se não, você vai acabar ficando de fora.

Logo depois de estacionar, beirando a estrada em direção ao mar basta caminhar para entrando por uma pequena trilha em direção a pedra de frente para o mar. Haverá placa de perigo.

Andando uns 5 minutos, você sabe que chegou quando conseguir ver a píscininha.

Para chegar nela precisa descer pela pedra, a descida é bem íngreme e é importante tomar muito cuidado.

 

Confira esse post sobre a Piscininha do Secreto aqui

 


 

Prainha:

A Prainha é muito conhecida pelos surfistas e também fica em uma reserva, o que faz que ela tenha uma certa exclusividade.

Para mim uma das praias mais bonitas do Rio de Janeiro, a paisagem é linda.

Sua  extensão de areia é boa e a praia é pequena. Em frente a praia há uma trilha para um mirante, mas está temporariamente fechada.

Haviam quiosques em frente à praia e o mar dela era um pouco agitado.

 

Prainha.

Prainha.

 

Como chegar na Prainha:

De carro: a única forma de se chegar à Prainha é através da Av. Estado da Guanabara, que passa em sua orla. Para isso, é necessário partir da Barra da Tijuca, seguindo pelo Recreio e pela Praia da Macumba.

Não há  linhas de ônibus que passem na prainha.

É necessário pegar algum ônibus que te deixe na estrada do Pontal e subir a estrada até a Prainha. Consulte a melhor opção no app da Moovit.

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.e a trilha do Morro dos Cabritos aqui.

 


 

Praia do Abricó:

Logo depois da prainha seguindo pela mesma pista você vê a placa para a praia do Abricó a sua esquerda.

A praia de Abricó também faz parte da Área de Proteção Ambiental de Grumari e tem a proibição de entrada de cachorros.

É uma praia bem pequena cercada por rochas inclusive na areia. Eu achei uma gracinha e haviam muitas famílias.

Tem uma parte dessa praia que é reservada para a prática de nudismo que só é praticado nos 300 metros finais, a parte mais selvagem e cercada por pedras.

Durante a semana o nudismo é opcional, e nos fins de semana é obrigatório.

Para mais informações procure os integrantes da Associação Naturista da Praia do Abricó que estão presentes nos finais de semana e feriados.

 

Praia do Abricó.

Praia do Abricó.

 

Como chegar na Praia do Abricó:

A praia fica logo depois da Prainha e antes da praia de Grumari, seguindo pela mesma Avenida estreita. Após estacionar, desça na praia por uma escadinha. Há estacionamento ao longo dela com cobradores.

Caso tenha chegado na Prainha de ônibus ou BRT, aí você vai ter que ir a pé. Deve ser uma caminhada de 20 minutos.

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.

 


 

Praia de Grumari:

A praia de Grumari é a última praia em mar aberto alcançável por veículos na região da Barra da Tijuca.

Tem uma paisagem diferente cercada por montanhas e ela e as duas praias que citei anteriormente, por fazerem parte de uma reserva, não há residência e nem comércio, apenas os quiosques.

Ela é bem grande e sua extensão de areia também.  O mar é agitado e a praia é bem vazia.

 

Praia de Grumari.

Praia de Grumari.

 

Como chegar na Praia de Grumari:

Aqui não passa ônibus a melhor maneira é ir de carro. A praia fica logo depois da Abricó, seguindo pela mesma Avenida estreita. Há estacionamento ao longo dela com cobradores.

Caso tenha chegado na Prainha de ônibus ou BRT, aí você vai ter que ir a pé. Deve ser uma caminhada de 40 minutos ou menos.

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.

 


 

Praia de Guaratiba:

A Barra de Guaratiba faz divisa com a Restinga da Marambaia região sobre responsabilidade da Marinha do Brasil.

O mar é calmo e tem uma boa extensão de areia.

Também é conhecida como centro gastronômico pois possui vários restaurantes rústicos na beira da estrada Roberto Burle Marx.

E perto dela estão as trilhas no costão de Guaratiba que dão acesso para as praias selvagens do Perigoso, do Meio, Funda e do Inferno.

 

Como chegar na Praia de Guaratiba:

O acesso é feito pela estrada Roberto Burle Marx ou estrada da Barra de Guaratiba

Vá de BRT até a estação de Ilha de Guaratiba.

As linhas que passam por lá são: Mato Alto x Alvorada, Mato Alto x Recreio, Pingo d’água x Recreio, Pingo D’água x Alvorada e Alvorada x Santa Cruz. De lá pegue o 867- Barra de Guaratiba x Campo Grande. Siga até o ponto final.

Você também pode usar o app da Moovit para saber qual a melhor linha de onde você está.

De carro:

Coloque em seu GPS “praia de Barra de Guaratiba”. Quando chegar em Guaratiba, siga a Estrada Roberto Burle Marx até o final.

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.(em breve)

 


 

Praia do Perigoso:

Para chegar na praia do Perigoso é necessário fazer uma trilha considerada leve. Também seria uma praia mais exclusiva e selvagem.

Dela é possível ver a pedra da Tartaruga e muitas pessoas fazem rapel ali.

Também é uma parada pra quem faz a trilha da Pedra do Telégrafo que fica na mesma reserva.

É uma praia pequena com uma boa extensão de areia e em alguns lugares há sombra.

No dia que eu fui o mar estava calmo, a praia é linda. E na minha opinião uma das mais bonitas do Rio.

Não há estrutura e você deve levar sua água e lanche, mas recolha o seu lixo! No verão ela enche bastante.

 

Praia do Perigoso.

Praia do Perigoso.

Praia do Perigoso.

Praia do Perigoso.

 

Como chegar na Praia do Perigoso:

De ônibus:

Vá de BRT até a estação de Ilha de Guaratiba.

As linhas que passam por lá são: Mato Alto x Alvorada, Mato Alto x Recreio, Pingo d’água x Recreio, Pingo D’água x Alvorada e Alvorada x Santa Cruz. De lá pegue o 867- Barra de Guaratiba x Campo Grande. Siga até o ponto final.

Você também pode usar o app da Moovit para saber qual a melhor linha de onde você está.

De carro:

Coloque em seu GPS “praia de Barra de Guaratiba”. Quando chegar em Guaratiba, siga a Estrada Roberto Burle Marx até o final. Você irá passar por um portão do quartel do Exército (o Campo de Prova da Marambaia) onde tem uma ponte do seu lado direito e um mercado “Super Rede” do lado esquerdo.

Vire à esquerda e suba uma ladeira (Rua Almirante Carlos Tinoco), e siga essa rua direto – ela é um pouco estreita.

Quando chegar em um ponto onde ou você continua nessa rua ou vira à esquerda (em uma nova subida) numa ladeira de paralelepípedo, siga essa ladeira – ela é bem íngreme.

Nós subimos até chegar no último estacionamento perto do início da trilha da Pedra do Telégrafo.

Ele custa R$20 e pode deixar o tempo que quiser. Na verdade é uma rua de terra que fizeram de estacionamento.

Depois é só seguir em frente em uma ladeira que dá na trilha. Nós fizemos a trilha mais fácil, existe uma outra um pouco mais difícil – também para a Pedra do Telégrafo. Começa pela praia de Barra de Guaratiba, sobe uma escadaria que dá na Capela de Nossa Senhora das Dores até chegar na Rua Parlon Siqueira.

 

Confira esse post sobre a praia do Perigoso aqui

 


 

Praia do meio:

Também é uma parada para quem faz a trilha da Pedra do Telégrafo que fica na mesma reserva.

Só que em vez de ir em direção a praia do Perigoso, você vai seguir a trilha para a praia do meio.

 

Como chegar na Praia do Meio:

De ônibus:

Vá de BRT até a estação de Ilha de Guaratiba.

As linhas que passam por lá são: Mato Alto x Alvorada, Mato Alto x Recreio, Pingo d’água x Recreio, Pingo D’água x Alvorada e Alvorada x Santa Cruz. De lá pegue o 867- Barra de Guaratiba x Campo Grande. Siga até o ponto final.

Você também pode usar o app da Moovit para saber qual a melhor linha de onde você está.

De carro:

Coloque em seu GPS “praia de Barra de Guaratiba”. Quando chegar em Guaratiba, siga a Estrada Roberto Burle Marx até o final. Você irá passar por um portão do quartel do Exército (o Campo de Prova da Marambaia) onde tem uma ponte do seu lado direito e um mercado “Super Rede” do lado esquerdo.

Vire à esquerda e suba uma ladeira (Rua Almirante Carlos Tinoco), e siga essa rua direto – ela é um pouco estreita.

Quando chegar em um ponto onde ou você continua nessa rua ou vira à esquerda (em uma nova subida) numa ladeira de paralelepípedo, siga essa ladeira – ela é bem íngreme.

Nós subimos até chegar no último estacionamento perto do início da trilha da Pedra do Telégrafo.

Ele custa R$20 e pode deixar o tempo que quiser. Na verdade é uma rua de terra que fizeram de estacionamento.

Depois é só seguir em frente em uma ladeira que dá na trilha. No meio do caminho haverá uma placa mostrando o caminho para as praias ou para a pedra do Telegrafo, pegue o das praias e siga a trilha até a praia do Meio.

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui

 


 

Praia Funda

Também é uma parada pra quem faz a trilha da Pedra do Telégrafo que fica na mesma reserva.

Só que em vez de ir em direção a praia do Perigoso, você vai seguir a trilha para a praia do meio e depois pela praia você chega na Funda.

Como chegar na Praia Funda:

De ônibus:

Vá de BRT até a estação de Ilha de Guaratiba.

As linhas que passam por lá são: Mato Alto x Alvorada, Mato Alto x Recreio, Pingo d’água x Recreio, Pingo D’água x Alvorada e Alvorada x Santa Cruz. De lá pegue o 867- Barra de Guaratiba x Campo Grande. Siga até o ponto final.

Você também pode usar o app da Moovit para saber qual a melhor linha de onde você está.

De carro:

Coloque em seu GPS “praia de Barra de Guaratiba”. Quando chegar em Guaratiba, siga a Estrada Roberto Burle Marx até o final. Você irá passar por um portão do quartel do Exército (o Campo de Prova da Marambaia) onde tem uma ponte do seu lado direito e um mercado “Super Rede” do lado esquerdo.

Vire à esquerda e suba uma ladeira (Rua Almirante Carlos Tinoco), e siga essa rua direto – ela é um pouco estreita.

Quando chegar em um ponto onde ou você continua nessa rua ou vira à esquerda (em uma nova subida) numa ladeira de paralelepípedo, siga essa ladeira – ela é bem íngreme.

Nós subimos até chegar no último estacionamento perto do início da trilha da Pedra do Telégrafo.

Ele custa R$20 e pode deixar o tempo que quiser. Na verdade é uma rua de terra que fizeram de estacionamento.

Depois é só seguir em frente em uma ladeira que dá na trilha.

No meio do caminho haverá uma placa mostrando o caminho para as praias ou para a pedra do Telegrafo, pegue o das praias e siga a trilha até a praia do Meio, em seguida , depois dessa praia você pega o caminho para a Praia Funda..

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.(em breve)

 


 

Praia do Inferno:

 

Também é uma parada pra quem faz a trilha da Pedra do Telégrafo que fica na mesma reserva.

Só que em vez de ir em direção a praia do Perigoso, você vai seguir a trilha para a praia do meio e depois pela praia você chega na Funda e em seguida é a do Inferno.

 

Como chegar na Praia do Inferno:

De ônibus:

Vá de BRT até a estação de Ilha de Guaratiba.

As linhas que passam por lá são: Mato Alto x Alvorada, Mato Alto x Recreio, Pingo d’água x Recreio, Pingo D’água x Alvorada e Alvorada x Santa Cruz. De lá pegue o 867- Barra de Guaratiba x Campo Grande. Siga até o ponto final.

Você também pode usar o app da Moovit para saber qual a melhor linha de onde você está.

De carro:

Coloque em seu GPS “praia de Barra de Guaratiba”. Quando chegar em Guaratiba, siga a Estrada Roberto Burle Marx até o final. Você irá passar por um portão do quartel do Exército (o Campo de Prova da Marambaia) onde tem uma ponte do seu lado direito e um mercado “Super Rede” do lado esquerdo.

Vire à esquerda e suba uma ladeira (Rua Almirante Carlos Tinoco), e siga essa rua direto – ela é um pouco estreita.

Quando chegar em um ponto onde ou você continua nessa rua ou vira à esquerda (em uma nova subida) numa ladeira de paralelepípedo, siga essa ladeira – ela é bem íngreme.

Nós subimos até chegar no último estacionamento perto do início da trilha da Pedra do Telégrafo.

Ele custa R$20 e pode deixar o tempo que quiser. Na verdade é uma rua de terra que fizeram de estacionamento.

Depois é só seguir em frente em uma ladeira que dá na trilha.

No meio do caminho haverá uma placa mostrando o caminho para as praias ou para a pedra do Telegrafo, pegue o das praias e siga a trilha até a praia do Meio, em seguida , depois dessa praia você pega o caminho para a Praia Funda, depois de passar dessa vem a do Inferno.

 

Confira esse post sobre as praias selvagens do Rio aqui.(em breve)

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Veja opções de passeios para a Pedra do Telégrafo aqui:

Pedra do Telégrafo e praias selvagens Excursão pedra do Telégrafo

 

Essas são as praias do Rio de Janeiro, RJ que você pode visitar. Tem mais algumas, mas listei as mais conhecidas.

Mas ainda tem a região dos lagos com praias maravilhosas em Arraial do Cabo, de Cabo Frio e de Búzios.

E também as praias indo para Angra dos Reis e as de Paraty e de Trindade.

Veja também:

Trilha da Pedra do Telégrafo e Praia do Perigoso no RJ

Praias Brasileiras mais bonitas – que já visitamos

Lista das Praias da ilha de Fernando de Noronha

 

Gostou do post sobre as Praias do Rio de Janeiro? Que tal dar uma olhadinha nas nossas dicas do que fazer no Rio?


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

10 Comments

  1. Luciana 30 de julho de 2020

    Que incrível esse post!!! Um verdadeiro guia das Praias do Rio de Janeiro. Estive no Rio em uma rápida passada, nem consegui conhecer a cidade. Estou planejando ir com calma e suas dicas vão me ajudar demais. Amei as praias da Macumba e do Perigoso, acho que por serem mais vazias hahaha. Parabéns pelo post e obrigada por compartilhar

    Responder
    1. Ana Paula 30 de julho de 2020

      São praia lindas mesmo, vale apena conhecer!

  2. Leo Vidal 31 de julho de 2020

    As praias do Rio de Janeiro são lindas. Como bom carioca, conheço a maioria delas, mas sempre tem aquelas que se tornam nosso xodó. No meu caso, Ipanema por ser icônica e presente em toda minha vida e a Joatinga que foi onde passei boa parte da adolescência.

    Responder
    1. Ana Paula 10 de agosto de 2020

      Que gostoso, são praias lindas mesmo.

  3. Marcela 31 de julho de 2020

    Muito obrigada pelas dicas! Vou visitar o Rio de Janeiro e já tô escolhendo várias praias para curtir 🙂

    Responder
    1. Ana Paula 5 de agosto de 2020

      Uhuuu que bom!

  4. Victoria Farina 2 de agosto de 2020

    Já Gui várias vezes ao Rio a trabalho mas nunca consegui aproveitar muito das praias mas, com essa lista imensa e detalhada, quero voltar para visitar todas as praias do Rio de Janeiro com calma para escolher minha preferida.

    Responder
    1. Ana Paula 5 de agosto de 2020

      Boa hahhaha vai gostar!

  5. carlaalexmota 2 de agosto de 2020

    Gente, isso tem praias do Rio de Janeiro que dá quase para uma por dia sem repetir durante um mês, né! Que bacana! Já escolhi umas duas ou três para minha primeira viagem ao Rio. Adorei. Acha a praia do Inferno segura? Obrigada

    Responder
    1. Ana Paula 5 de agosto de 2020

      Ela faz parte de um parque, então é segura sim!

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: