fbpx

Type to search

Bairros do Rio O que fazer no RJ

Centro Histórico do Rio de Janeiro

Compartilhe

O Rio de Janeiro é muito rico em história, e não tem apenas praias, trilhas e mirantes para conhecer. O Centro histórico do Rio de Janeiro é um dos mais importantes do País.

E a vinda da Família Real e Corte Portuguesa para o Brasil, assim como o Primeiro e Segundo Reinado fizeram parte da história da cidade.

Conheça as principais atrações turísticas, museus, igrejas e ruas importantes da nossa história, em um passeio cultural muito gostoso pelas construções antigas do Rio de Janeiro.

Não vou mentir, o Centro não é um bairro bonito, é tumultuado, com muitas lojas e camelôs espalhados pelas ruas.

Mas, é aqui que se encontram os prédios e construções mais importantes, além do amor da minha vida, o Saara.

Para te ajudar veja esse mapa do Centro Histórico do RJ ou o mapa das atrações históricas do Rio aqui.

Com ele você consegue montar um roteiro do Centro histórico do Rio de Janeiro e fazer um tour cultural completo.

 

O que fazer no Centro histórico do Rio de Janeiro?

Theatro Municipal

Trata-se da principal casa de espetáculos do Brasil e uma das atrações mais populares do Centro do Rio desde 1909 que não pode deixar de estar em um tour do Rio antigo.

O Theatro Municipal já recebeu grandes artistas nacionais e internacionais que trouxeram música, dança incluindo ópera e artes cênicas.

Ela é a única instituição cultural brasileira a manter simultaneamente um coro, uma orquestra sinfônica e uma companhia de ballet.

Nós fomos assistir um espetáculo de dança e chegamos uma hora antes para tirar umas fotos e conhecer o Theatro por dentro.

Mas você também pode fazer uma visita guiada e conhecer o interior do Theatro de forma mais completa.

 

Centro Histórico do Rio de Janeiro

Fachada do Theatro.

O theatro é lindo demais e traz uma atmosfera de glamour do passado.

Uma estrutura linda e muito trabalhada, você admira cada detalhe.

 

Centro Histórico do Rio de Janeiro

teatro municipal por dentro

 

Para chegar nos andares onde estão as galerias você pode subir de elevador ou de escada.

Eu visitei todos os andares para ver como era a visão do espetáculo, de fato o melhor angulo é o que fica de frente para o palco em qualquer andar. 

Obviamente o primeiro é mais caro e tem a melhor vista, mas o último consequentemente o mais barato, não deixa a desejar.

 

Centro Histórico do Rio de Janeiro

teatro municipal por dentro2

 

Obs: o teatro não permite a entrada de pessoas vestindo bermuda, short, top, camiseta sem manga e chinelos.

Obs2: Não é permitido entrar depois que o espetáculo já começou, quem chega fica em uma sala de espera sentado esperando o intervalo para ir aos seus lugares.

O theatro também tem visitação, então você pode conhecer sem precisar assistir a um espetáculo.

Como chegar: De metrô descer na estação Cinelândia. E de ônibus qualquer um que deixe na Rio Branco, desça perto da estação do metrô Cinelândia.

Não há estacionamento no local e se for no fim de semana pode ser que encontre alguma vaga na rua.

 

Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praca Marechal Floriano, s/n, Cinelândia – Centro.

O valor do ingresso depende de cada espetáculo e você pode ver aqui. 

Horário de Visitação
Terça a sexta | 12h,14h30 e 16h*
Sábados e feriados* | 11h, 12h e 13h
16h* Horário destinado a visitas em português e inglês
Aos domingos e segundas não há visitas guiadas

Para fazer a visita guiada A lotação é de 50 pessoas por passeio e a venda de ingressos começa 30 minutos antes de cada visita.
Os ingressos só podem ser comprados na bilheteria do Theatro. Dura cerca de 50min.
Ingressos R$ 20,00 /pessoa, reversível integralmente na compra de um ingresso para os espetáculos do Theatro.
Telefones: (21) 2332-9191 e 2332-9134.

 

Theatro Municipal

Theatro Municipal.

 


 

Biblioteca Nacional

Se trata de um prédio histórico, inaugurado em 1910, com uma rica e linda arquitetura. Uma das construções antigas do Rio de Janeiro.

Possui uma escadaria digna de filme com tapete vermelho e paredes ornamentadas, além de um vitral no teto.

A maioria das salas estão fechadas e as que estão abertas não podem entrar, pois são para pesquisas e estudo.

Nessa biblioteca se encontra tudo que já foi publicado, seja livro, revista, folheto ou jornal de todo o Brasil.

Imagina a quantidade de obras que tem nas salas que são enormes e muito altas. Ela é a maior da América Latina e a 8ª maior do mundo.

Sabe um documento original interessante que tem lá? A lei Áurea, documento assinado pela princesa Isabel para o fim da escravidão.

 

Centro Histórico do Rio de Janeiro

Biblioteca Nacional.

 

A visita orientada na Biblioteca Nacional é gratuita e pode ser realizada em três idiomas: Português, inglês e espanhol falando sobre seu acervo, suas coleções e principais obras.

E também pode fazer a visita sem guia que foi a que nós fizemos.

Já falo que a visita guiada deve ser bem mais interessante, porque embora o prédio seja grande não é possível entrar nas salas, então sua visita durará 15min.

Como chegar: De metrô descer na estação Cinelândia. E de ônibus qualquer um que deixe na Rio Branco, desça perto da estação do metrô Cinelândia.

Não há estacionamento no local e se for fim de semana pode ser que encontre alguma vaga na rua.

 

Biblioteca Nacional

Av. Rio Branco 219 – site
A Biblioteca Nacional funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e sábados, das 10h30 às 15h.
segunda a sexta, das 9h às 17h.
Entrada Gratuita

 

Biblioteca Nacional

Biblioteca Nacional.

 


 

Museu Nacional de Belas Artes

Esse museu é do lado do Theatro Municipal, ideal para quem está conhecendo o Centro do Rio a pé, você também pode conjugar com o Museu Histórico Nacional que também é de graça no domingo.

O Museu Nacional de Belas Artes é a instituição do Brasil que possui a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século XIX.

Seu prédio histórico possui uma bela arquitetura preservada.

Ao percorrer o museu você poderá ver a história das artes plásticas no Brasil, desde os seus primórdios até os dias atuais.

No dia que fomos tinha uma exposição muito legal mostrando os quadros antigos com hashtags engraçadas que tentavam explicar a cena do quadro.

Como chegar: De metrô descer na estação Cinelândia. E de ônibus qualquer um que deixe na Rio Branco, desça perto da estação do metrô Cinelândia.

Não há estacionamento no local e se for fim de semana pode ser que encontre alguma vaga na rua. Estacionamos um pouco longe e fomos a pé até ele, não tem estacionamento por perto.

 

Museu Nacional de Belas Artes – site

Avenida Rio Branco, 199 – Centro (Cinelândia) Rio de Janeiro

Horário de Funcionamento
Terça a sexta-feira das 10 às 17:30hs;
Sábados, domingos e feriados das 13 às 17 horas.Tem estacionamento gratuito

Ingressos: R$ 8,00 e meia: R$ 4,00 e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00.
Disponibilizam audioguias: R$ 8,00. Venda de ingressos e entrada de visitantes até 30 min antes do fechamento do Museu.
Grátis aos domingos.

 

Museu Nacional de Belas Artes

Museu Nacional de Belas Artes

 


 

Museu Histórico Nacional

Aproveitamos a ida ao Museu de Belas Artes para também conhecer o Museu Nacional, pois ambos são gratuitos aos domingos.

Esse museu possui várias salas separadas por temas da história do Rio de Janeiro e do Brasil. Ele não pode faltar no seu tour pelo Centro.

Considerado o mais importante museu de história do país, reunindo um acervo com cerca de 258 mil itens, entre objetos, documentos e livros.

 

Museu Histórico Nacional

Museu Histórico Nacional.

 

Seu acervo museológico é formado por coleções de objetos que datam desde a Antiguidade até os dias atuais.

Há muita coisa sobre o Brasil como objetos, artefatos, armas, roupas e muita informação em quadros que relatam nossa história.

O museu é bastante explicativo e passa pelos indígenas, a entrada e colonização dos portugueses no Brasil e da presença holandesa.

Nós vimos armas do século 17, um pedaço original da madeira da forca de Tiradentes, móveis antigos das igrejas católicas, o trono de D.Pedro II.

 

Museu Histórico Nacional

Museu Histórico Nacional.

 

Também há uma réplica de farmácia antiga que você pode entrar e tentar reviver a época.

Além dos corredores repletos de arte, há salas enormes com carruagens antigas e um pátio bem bonito com alguns canhões.

Um dos melhores museus do Rio e de história do Brasil.

Como chegar: Como era domingo conseguimos estacionar em uma rua e ir a pé até ele.

A estação de metro mais próxima é a Carioca. Basta seguir pela rua Almirante Barroso, entrar na Praça do Expedicionário. Ou usar o app da Moovit para ir de ônibus.

 

Museu Histórico Nacional
Endereço:Praça Marechal Âncora s/n° Centro  – Site

Funcionamento:Terça a Sexta-feira das 10h às 17h30
Sábados, Domingos e Feriados das 13h às 17h

Observações:Aos domingos a entrada é franca.
As exposições temporárias poderão ter horários e valores de ingressos específicos.

Ingressos:Inteira: R$ 10,00
Meia⁻entrada:R$ 5,00

Museu Histórico Nacional

Réplica da farmácia e pátio externo.

 


 

Catedral Metropolitana 

A Catedral faz parte dos lugares do Centro histórico. Foi inaugurada em 1979.

A Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, ou catedral Metropolitana, fica localizada no Centro da cidade.

Ela é enorme e você pode vê-la de vários ângulos do Centro do Rio.

Além de ter uma estrutura com um formato diferente, sua parte interior tem vitrais lindos e enormes.

Em seu subsolo, encontra-se a cripta da Catedral.Também no subsolo, está localizado o Arquivo Arquidiocesano, onde há o acervo de documentos da cidade desde quando a igreja ainda era responsável por várias atividades no Rio de Janeiro.

 

Catedral Metropolitana 

Catedral Metropolitana.

Como chegar: Ela fica na Av. Chile, 245 – Centro. Desça na estação do metrô da Carioca e siga pela AV. Alm Barroso e depois pela AV. República do Chile, você vai ver a entrada.

Você também pode ver qual é a melhor opção de ônibus pelo app da Moovit.

DICA: Nós conhecemos a Catedral em um passeio muito bacana que acontece na cidade.

O Rotas Culturais que são visitas guiadas gratuitas e de mapeamento cultural do Centro Histórico do Rio de Janeiro.

Eles fazem alguns roteiros e nós escolhemos o “Imigração e Fé” que começa às 9h e passa pelos seguintes pontos da cidade.

  • Catedral Presbiteriana do Rio
  • Real Gabinete de leitura
  • Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica
  • Centro Carioca de Design
  • Praça Tiradentes
  • CRAB Centro Sebrae de Referencia do Artesanato Brasileiro

Vale muito a pena!

Além desses pontos históricos no centro do rio de janeiro, você também pode conhecer no seu roteiro cultural do Centro do Rio :

A Praça 15, o Paço Imperial o Arco do Teles, Palácio Pedro Ernesto (Câmara Municipal do Rio de Janeiro) , Confeitaria Colombo, Feira do Lavradio, Centro Cultural da Justiça Federal, MAM – Museu de Arte Moderna,  Igreja de São Francisco da Penitência, Convento de Santo Antônio, CCBB, o Museu do Amanhã e o Espaço Cultural da Marinha e o Museu Naval do RJ.

Também vale a pena conhecer os pontos interessantes de Santa Teresa. 

Importante: O Centro do Rio de Janeiro é perigoso dependendo das ruas que você andar e do horário que estiver nelas.

Não aconselho vagar por lá a noite e nem com objetos e pertences que chamem atenção.

Tome cuidado como em qualquer lugar do mundo, sempre atento e em dias movimentados.

Dentro dos prédios é seguro pois há policiamento.

 

Conclusão:

Com essa lista das principais atrações da região você fará um passeio pelo centro histórico do Rio de Janeiro bem interessante.

É um lugar rico em histórias que são contadas através de suas construções centenárias espalhados pelas ruas antigas.

É possível conhecer muitos lugares em um passeio a pé pelo Centro do Rio de Janeiro. Essas são algumas das atrações da cidade, há muitas outras a serem exploradas.

 

A Civitatis é uma empresa que oferece passeios, tours, ingressos nos principais destinos nacionais e internacionais. Veja opções de passeios pelo Centro do Rio aqui.

Tour de arte e cultura Free Tour Centro Histórico RJVisita guiada RJ

Gostou desse roteiro das atrações do Centro histórico do Rio de Janeiro? Que tal conferir outros posts como:

 

Qual dessas atrações do Centro histórico do Rio de Janeiro você mais gostou? Já conheceu alguma?

Se você gosta das nossas dicas segue a gente lá no Instagram @ateondeeupuderir para acompanhar nossas viagens em tempo real! E as fotos com dicas de viagens que já fizemos.


EI, VAI VIAJAR? ENTÃO RESERVE COM A GENTE!


Sabia que quando você faz uma reserva com um link do blog, nós ganhamos uma pequena comissão? Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a produzir mais artigos e vídeos! Topa dar essa forcinha para o Até Onde eu Puder Ir? Então planeje sua viagem aqui.

Hospedagem: Booking
 Passagens Aéreas: Passagens Promo
 Aluguel de carro: Rent Cars
 Seguro viagem: Seguros Promo
Ingressos e Passeios: Get your GuideCivitatis
 Chip e Internet: Viaje Conectado

Ana Paula

Olá! Eu sou Ana Paula. Sou formada em publicidade, amo viajar e me conectar com pessoas, lugares e culturas diferentes. Já visitei 11 países, inúmeras cidades e vou continuar Até Onde eu puder Ir.

  • 1

14 Comments

  1. Murilo Pagani 8 de setembro de 2020

    Eu sou apaixonado pelo centro histórico do Rio de Janeiro. Mesmo as praias e mirantes sendo as grande atrações da cidade, para mim, um roteiro nunca está completo se eu não passar pelo menos uma manhã ou tarde pela área central!

    Adorei as dicas. Tem alguns lugares que eu ainda não conheço e vou incluir na programação da próxima viagem ao Rio!

    Obrigado!

    Responder
    1. Ana Paula 13 de setembro de 2020

      Verdade, nós também procuramos conhecer um pouco o centro histórico dos lugares,

  2. Deyse Marinho 8 de setembro de 2020

    Que post completo! Amei as suas dicas de atrativos no Centro Histórico do Rio de Janeiro. Preciso voltar logo ao RJ e quero curtir este roteiro!

    Responder
    1. Ana Paula 13 de setembro de 2020

      Que bom que gostou!

  3. Marcela 10 de setembro de 2020

    Sou apaixonada pelo centro do Rio de Janeiro e amei seu post, bem completinho e cheio de dicas boas!

    Responder
    1. Ana Paula 13 de setembro de 2020

      Obrigadaaaa!

  4. Analuiza Carvalho 10 de setembro de 2020

    Eu adoro o centro histórico do Rio de Janeiro: gosto da arquitetura e até daquele caos moderno tão contrastante com seu passado. Um erro grave dessa apaixonada pelo Rio e viajante frequente: sempre que vou ao Rio perambulo pelo centro, mas salvo a Catedral e o CCBB nunca entrei nos outros belíssimos edifícios! 🙁

    Responder
    1. Ana Paula 13 de setembro de 2020

      Vale a pena a visita!

  5. Michele da Costa 10 de setembro de 2020

    Menina, salvando já esse post! Um bom roteiro pelo Centro Histórico do Rio é o que preciso para planejar minha visita. Super obrigado!

    Responder
    1. Ana Paula 13 de setembro de 2020

      Que bom que gostou!

  6. ceciliabeu 20 de fevereiro de 2021

    Vou salvar este roteiro pelo Centro Histórico do Rio de Janeiro porque as atrações explicadinhas assim vão me ajudar muito quando eu for pro Rio. Obrigada por compartilhar.

    Responder
    1. Ana Paula 27 de fevereiro de 2021

      De nada! Que bom que gostou.

  7. Fernanda 29 de abril de 2022

    Sempre quis conhecer o centro do Rio de Janeiro, mas morria de medo pra ser sincera rs Aproveitei uma viagem sozinha pra fazer um walking tour em grupo e achei que foi perfeito – depois voltei para passear mais um dia inteiro só nessa região em outra viagem e mais uma vez sozinha – tem MUITA coisa linda e histórica pra ver no centro do rio!

    Responder
    1. Ana Paula 30 de abril de 2022

      Verdade e o carioca não dá muito valor pra essa região sabia rs

Dúvidas, elogios, críticas ou sugestões? Adoraremos ler seus comentários!

%d blogueiros gostam disto: